Publicada em 05/04/2017, às 21:53

Em recuperação de cirurgia no joelho, Danilo Silva recebe a 3 do amigo Índio

Zagueiro apresentado pelo Inter nesta quarta se colocou à disposição para atuar como lateral-direito. Jogador de 30 anos sofreu uma cirurgia no joelho direito em outubro

Danilo Silva atuou entre 2008 e 2010 pelo Inter (Foto: Tomás Hammes/GloboEsporte.com)

Só depende de Antônio Carlos Zago. É ele quem definirá em qual função irá atuar Danilo Silva. Zagueiro de origem, o novo contratado do Inter se coloca à disposição para atuar também na lateral direita. Apresentado oficialmente nesta quarta-feira, demonstrou motivação com a volta ao Colorado e a intenção de repetir a história de Índio, seu amigo pessoal. Só espera a liberação do departamento médico para ficar à disposição após passar por uma cirurgia no joelho direito.

Sete anos após trocar o Beira-Rio pela Ucrânia para defender o Dínamo Kiev, Danilo Silva fez o caminho inverso em 2017. Entende que consegue cumprir as funções de zagueiro e lateral com o mesmo desempenho, conforme demonstrou nas passagens pelo Inter e leste europeu.

– Sou zagueiro de origem. A necessidade em 2009 fez o Tite (técnico do Inter na época) me pedir (para jogar na lateral). Existia um revezamento entre o Bolívar e mim. Estava me adaptando. Para mim, a melhor partida que fiz pelo Inter foi a última, como zagueiro, contra o Emelec (vitória por 2 a 1 pela Libertadores). Fui para o Dínamo contratado como lateral-direito. Lá, atuei bastante de lateral e zagueiro. Me aperfeiçoei muito e estou disposto ao que o professor Zago precisar – disse o defensor em entrevista coletiva.

Leia Mais
- Ortiz exalta parceria com Cuesta e alerta para contra-ataque do Novo
- Roberson volta de lesão e Inter ganha nova opção para final com Noia
- Roberson volta aos trabalhos e se credencia para final; Carlos é ausência
- Brenner pode pegar suspensão de 180 dias por agredir árbitro
- Leia mais notícias sobre Internacional em www.futnet.com.br/internacional

Durante a apresentação, ficou definido que Danilo Silva atuará com a camisa 3. A mesma que Índio jogou em seu período de clube. E ambos criaram um elo entre 2008 e 2010. Danilo não esquece o parceiro e espera repetir seus passos.

– O Índio é um grande amigo. Sempre gostei muito dele. Conversávamos muito. É uma camisa pesada, com muita história envolvida. Não só o número. Pretendo fazer minha história e que seja bonita. Tomara que como a do Índio – destacou.

Para trilhar esta trajetória, Danilo precisa estar liberado pelo departamento médico. O jogador de 30 anos passou por uma cirurgia no joelho direito em outubro. Na fase final de recuperação, acredita que logo ficará disponível para o grupo de Zago.

– Fiz uma operação no joelho direito no final de outubro, de cartilagem. É um processo regenerativo. Estou no final do tratamento. Falta pouco. Tenho que fazer o processo certo com o departamento médico, mas não precisarei muito tempo – garantiu.

Campeão brasileiro pelo São Paulo em 2007, o zagueiro chegou ao Inter para a primeira passagem em 2008 e permaneceu no clube até fevereiro de 2010 – foi campeão da Copa Suruga e do Gauchão de 2009, além de ter participado do início da campanha do bi da Libertadores. Em 2010, foi negociado com o Dínamo Kiev, que defendeu por sete temporadas. Ao todo, o zagueiro disputou 222 partidas na Ucrânia, com três gols anotados e 19 assistências, e conquistou seis títulos nacionais.

Recentemente, o Colorado apresentou os volantes Edenílson e Felipe Gutierrez. Ao todo, são 12 reforços para 2017. Além da dupla e de Danilo Silva, o Colorado contratou os laterais Uendel, Carlinhos e Alemão, os zagueiros Neris, Klaus e Victor Cuesta, e os atacantes Roberson, Carlos e William Pottker – o último segue na Ponte Preta e será apresentado ao final do Paulistão. O contrato com o Inter vai até 31 de março de 2020.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Internacional