Publicada em 04/04/2017, às 16:18

Vitinho entra na Justiça contra o Inter para cobrar pendências atrasadas

Atacante reclama de valores referentes ao mês de dezembro, férias e 13º, além de bonificações e danos morais; cifras cobradas pelo atleta extrapolam R$ 1 milhão

Vitinho cobra salários atrasados do Inter (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)

Em meio a uma cruzada na Corte Arbitral do Esporte (CAS) em Lousanne, na Suíça, para tentar reverter o Caso Victor Ramos e tentar permanecer na Série A, o Inter depara ainda com uma outra pendência judicial em solo brasileiro. Após deixar o clube no final do ano passado, ao término de seu empréstimo do CSKA, o atacante Vitinho ingressou na Justiça com uma ação contra o Colorado para receber vencimentos atrasados.

A reclamação do jogador é referente a pendências salariais do mês de dezembro e do 13º, além de férias e taxas tributárias – o atleta recebia cerca de R$ 200 mil, após ampliar seu vínculo com o clube para 2016. Há também uma reclamação de não pagamento de uma bonificação no valor de R$ 211 mil, prevista em uma cláusula contratual por ter atuado em mais de 50% dos jogos oficiais da equipe no segundo semestre.

Vitinho cobra ainda ressarcimento de danos morais pelo atraso, no valor de dois salários, além do pagamento aos honorários de seus advogados. O montante total reclamado pelo atleta supera R$ 1 milhão.

Leia Mais
- Copa América 2019 será disputada em sete cidades brasileiras
- Keiller afirma estar preparado para ser titular do Inter
- O dia no mercado: novo clube para Willians e reviravolta de Maicon no Bota
- Reforços Cirino e Pottker acirram disputa por vaga no ataque do Inter
- Leia mais notícias sobre Internacional em www.futnet.com.br/internacional

O GloboEsporte.com teve acesso à ação trabalhista, registrada no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, em Porto Alegre. Na petição, está anexada uma notificação do procurador do jogador ao Inter, com uma cobrança dos valores pendentes. O Inter nega, porém, que tenha sido notificado sobre o ingresso de Vitinho na Justiça para reivindicar a dívida.

– Eu não tenho essa informação confirmada. Se ele entrou, o Inter não foi notificado. Como não tenho a confirmação, não posso falar sobre o assunto – afirma o presidente Marcelo Medeiros, em contato com o GloboEsporte.com.

Vitinho chegou ao Inter em 2015, como reforço para a disputa da Libertadores, mas custou a engrenar. O atacante chegou a ficar fora do banco de reservas ao longo da competição continental, mas cresceu com a chegada de Argel. Encerrou seu primeiro ano no clube em alta, com 15 gols anotados em 49 partidas.

O protagonismo levou o clube a prorrogar seu empréstimo junto ao CSKA por mais uma temporada. Em 2016, o camisa 11 oscilou, mas voltou a ser decisivo na reta final do Brasileirão, a ponto de despertar o interesse do Flamengo. O Fla, seu clube do coração, chegou a tentar sua contratação, mas as tratativas não se concretizaram. Assim, o jogador retornou ao clube russo para o restante da temporada europeia.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Internacional