Publicada em 04/04/2017, às 16:14

Artilheiro, goleiro da MSI e técnico de Messi: conheça o rival do Timão na 4ª

Corinthians reencontrará Johnny Herrera contra Universidad de Chile e precisará de cuidados com o atacante Felipe Mora. Adversário também vive momentos de decisão

Johnny Herrera com a camisa da seleção chilena de futebol (Foto: Getty Images )

Quis o sorteio que o Corinthians pegasse um adversário complicado logo na primeira fase da Copa Sul-Americana. Segundo maior campeão chileno, atrás apenas do Colo-Colo, o Universidad de Chile vai a Itaquera nesta quarta-feira, às 21h45, vivendo um momento de reconstrução, semelhante ao que passa o Timão nas mãos do técnico Fábio Carille.

O clube da capital Santiago é apenas o quinto colocado do Torneio Clausura, com 14 pontos, quatro abaixo do líder Deportes Iquique. Na rodada passada, a equipe não passou de um empate sem gols contra o Universidad Concepción e se complicou na tentativa de ainda brigar pelo título – restam sete rodadas para o fim da competição.

Assim como o Corinthians, La U também está mergulhada em momentos decisivos na temporada. No sábado, a equipe fará o clássico contra o arquirrival Colo-Colo, vice-líder do Clausura, o que gerou até a dúvida se todos os titulares seriam escalados no Brasil. O Timão decide no domingo seu futuro no Paulistão contra o Botafogo-SP e em seguida abrirá a quarta fase da Copa do Brasil, diante do Internacional.

Leia Mais
- Marquinhos Gabriel faz tratamento para tentar reforçar Corinthians em final
- O dia no mercado: novo clube para Willians e reviravolta de Maicon no Bota
- "1 a 0 é goleada", diz volante da Ponte sobre 1ª final contra o Corinthians
- Titulares do Corinthians descansam para decisão, e Danilo treina na meia
- Leia mais notícias sobre Corinthians em www.futnet.com.br/corinthians

Cada vez mais distante da era Jorge Sampaoli, que deixou o clube há quatro temporadas, o Universidad de Chile confia em um técnico que viu os primeiros passos de ninguém menos que Lionel Messi. É o argentino Ángel Guillermo Hoyos, de 53 anos. Após pendurar as chuteiras como jogador, ele iniciou a carreira de técnico no início dos anos 2000, nas divisões inferiores do Barcelona. Na equipe juvenil, trabalhou com Messi, Piqué e Sergio Busquets. Sob o comando dele, Messi foi alçado ao grupo principal.

Depois que saiu do Barça, em 2006, o técnico rodou o mundo na tentativa de levar a campo a filosofia de seu mestre: Josep Guardiola. O último trabalho antes da La U, porém, não deixou boa impressão. Hoyos ficou apenas quatro meses à frente da seleção principal da Bolívia e saiu após uma proposta melhor do clube chileno – levou 5 a 0 do Brasil, em Natal.

Johnny Herrera: pouco futebol no Timão
A torcida do Corinthians verá em Itaquera um jogador que não deixou saudade no clube. O goleiro Johhny Herrera, hoje com 35 anos, foi contratado pelo Timão em 2006, durante a gestão da MSI. Em campo, o "Superboy", como é conhecido, falhou em alguns gols e acabou perdendo espaço rapidamente. Foram apenas nove partidas com a camisa alvinegra.

– O Corinthians é uma equipe muito dura. Pelo pouco que vi jogar, é um típico time brasileiro, muito forte e com estrutura física. Temos de diminuir espaços e apertar a marcação o mais acima possível. Acredito que podemos conquistar um bom resultado para decidirmos em Santiago – disse o goleiro, em entrevista coletiva.

A grande aposta do Universidad de Chile está no atacante Felipe Mora, de 23 anos. Ele marcou seis gols em oito partidas até o momento e divide a artilharia do Torneio Clausura – são 12 gols na temporada em 21 jogos. O jogador chegou ao clube no ano passado depois de se destacar pelo Audax Italiano. O meia Gustavo Lorenzetti, de 31 anos, é outra referência da equipe.

Um dos grandes ídolos da torcida, o lateral-esquerdo Jean Beausejour desfalca a equipe por conta de uma lesão muscular na perna direita sofrida no fim de semana. O jogador disputou as duas últimas Copas do Mundo e foi bicampeão da Copa América pela seleção chilena. A escalação completa da equipe ainda não foi divulgada.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Corinthians