Publicada em 31/03/2017, às 08:22

Fla e Everton Ribeiro mantêm namoro, mas clube árabe ainda trava negócio

Estrutura, estabilidade financeira e exemplo de Diego na Seleção atraem meia para retornar ao futebol brasileiro. Al-Ahli não quer vender e promete dificultar acerto

Everton Ribeiro em ação pelo Al Ahli: jogador quer jogar no Flamengo (Foto: Twitter / @AlAhliClub)

Com discurso cauteloso, como de hábito, o Flamengo se aproxima de acordo com Everton Ribeiro. O interesse é recíproco. O meia do Al-Ahli elegeu o Rubro-Negro como opção ideal. Mas o namoro com o jogador esbarra no clube dos Emirados Árabes. Ele não tem intenção de vendê-lo e coloca preço alto para início de qualquer conversa. A janela de transferência brasileira encerra na próxima terça-feira, e a contratação até lá é considerada muito difícil. O Flamengo monitora as chances de sair com sucesso na empreitada. Oficialmente, a diretoria rubro-negra fala apenas em consulta e não trata a investida como negociação.

Aos 27 anos, Everton Ribeiro tem contrato com o Al-Ahli até 29 de janeiro de 2019 e tem o sonho de voltar a atuar pela seleção brasileira. O retorno de Diego, convocado por Tite, serve como inspiração. A estrutura do Flamengo, que recentemente inaugurou o centro de treinamento remodelado, e a estabilidade financeira do clube da Gávea atraem Everton Ribeiro.

Seguindo a receita de outros negócios - Berrío foi o último caso -, o Rubro-Negro adota paciência e cautela, primeiro buscando acerto com o estafe do jogador. O Flamengo quer parcelar o pagamento - apesar da resistência no negócio, os árabes só aceitam qualquer conversa com valores acima de € 5 milhões (R$ 16 milhões) por 50% dos direitos econômicos de Everton. O Rubro-Negro estuda a oferta. O empresário do atleta não retornou as chamadas do GloboEsporte.com.

Leia Mais
- Zé explica ausência de Ederson e "culpa" fase decisiva por demora para retorno
- Só um susto: leilão do Estádio Luso-Brasileiro é suspenso
- Ainda se recuperando de lesão Diego visita Zagallo: 'Grande aprendizado'
- Zé Ricardo confia em Muralha, apesar de críticas da torcida: 'Vai tirar de letra'
- Leia mais notícias sobre Flamengo em www.futnet.com.br/flamengo

O jogador procurou se informar sobre a estrutura oferecida pelo clube carioca e conversou com alguns atletas. Ele gostou do que ouviu. O acerto está encaminhado, mas qualquer avanço ainda esbarra no Al-Ahli. Como o tempo é curto até o fechamento da janela brasileira, o período de junho pode reservar novidades.

Revelado pelo Corinthians, com passagem pelo São Caetano e Coritiba até chegar ao Cruzeiro, o jogador foi destaque do bicampeonato brasileiro pela Raposa em 2013 e 2014. No início de 2015 foi vendido para o clube do Oriente Médio por cerca de € 15 milhões.

Para o meio de campo, o Flamengo hoje tem Diego, titular absoluto, Conca, que ainda não estreou, Ederson, em fase final de recuperação, Mancuello e Lucas Paquetá para a função de meias no elenco. No início do ano, o clube perdeu Alan Patrick. Everton Ribeiro também atua pelos lados do campo - posição de Everton, Gabriel e Berrío.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Flamengo