Publicada em 31/03/2017, às 19:51

Entenda porque Mano Menezes faz mistério e fecha os treinos do Cruzeiro

Atividades de quinta e sexta, na Toca, não contam com a presença da imprensa

Mano Menezes tem desfalques importantes para o clássico deste sábado (Foto: Agência I7/Mineirão)

Nos últimos anos, virou rotina entre treinadores de clubes brasileiros fechar, para a imprensa, os treinamentos que antecedem os grandes jogos. Mano Menezes está fazendo isso no Cruzeiro, antes do clássico com o Atlético-MG, marcado para este sábado, às 16h (de Brasília), no Mineirão, pela décima rodada do Campeonato Mineiro. Na Toca da Raposa II, os jornalistas imprensa só puderam acompanhar a primeira parte do treino de quinta. Será assim também nesta sexta.

Fazer mistério é natural, mesmo num jogo que não tem tanta importância em termos de classificação, já que o Atlético-MG tem a liderança da primeira fase assegurada. Mas clássico é um jogo diferente e especial para jogadores, comissão técnica, diretoria e torcedores. Por isso, Mano Menezes está usando todos os artifícios que tem para esconder de Roger Machado, técnico rival, a escalação e a forma de jogar do Cruzeiro.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

Mas, ainda que o mistério seja natural num jogo desse vulto, Mano realmente tem motivos para fechar os treinos. Os desfalques de Henrique e Robinho e as más atuações nos últimos três jogos exigem mudanças, que bem trabalhadas, podem pegar Roger de surpresa.



Os quatro homens de defesa no clássico serão Ezequiel, Léo, Manoel e Diogo Barbosa. Não há surpresas neste setor. Mas daí pra frente, o time pode ter mudanças. Ariel Cabral deixou o campo em Uberlândia, no jogo de segunda-feira, sentindo dores. Nesta quinta, ele participou normalmente do aquecimento, mas sua presença no clássico não é certa. Lucas Romero e Lucas Silva brigam pela vaga.

Desfalques importantes

A armação e o ataque são os principais motivos do mistério de Mano Menezes. Robinho está fazendo falta. Contra o Uberlândia, o Cruzeiro também não pôde contar com Arrascaeta, que estava com a seleção uruguaia, na disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia. A solução de Mano Menezes foi voltar Ábila para o time titular, recuando Rafael Sobis para a armação, ao lado de Thiago Neves e Alisson. Em parte, o esquema funcionou, já que o Cruzeiro fez dois gols. Mas o empate por 2 a 2 fez com que o time deixasse o campo com uma sensação de frustração.

Arrascaeta está de volta sábado, o que faz o torcedor imaginar que Ábila deixa o time, e Sobis reassume o comando do ataque. É o mais provável, mas todos vão saber a decisão de Mano Menezes apenas uma hora antes de a bola rolar. O mistério vai até a hora do clássico.

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- De Arrascaeta e Manoel são as novidades em treino do Cruzeiro
- Cruzeiro anuncia a contratação de zagueiro ex-Flu
- Mano indica Ezequiel na reserva contra o Flamengo e revela dúvida no meio
- Sonho, proposta, dívida e chances afastam Ramon Ábila do Cruzeiro
- Leia mais notícias sobre Cruzeiro em www.futnet.com.br/cruzeiro

Mais sobre - Cruzeiro