Publicada em 30/03/2017, às 11:01

Na reserva, Marcos Junior encara Fla-Flu como chance de titularidade

Atacante será utilizado no clássico de domingo, quando Abel poupará a equipe visando a estreia na Copa Sul-Americana, quarta-feira, contra o Liverpool

Marcos Junior comemora título da Taça Guanabra (Foto: André Durão)

Marcos Junior é o homem do gol de títulos recentes do Fluminense: Primeira Liga 2016 e da Taça Guanabara 2017. Mesmo sendo reserva. A eficiência é a prova de que o atacante não desanima com o banco. Agora, também não o aceita a ponto de acomodar-se. É, por isso, que encara o Fla-Flu de domingo como uma chance única. Ele e outros suplentes do Tricolor enxergam o clássico como oportunidade de mostrar serviço a Abel Braga.

Abelão decidiu poupar titulares domingo visando a estreia na Sul-Americana - o Tricolor encara o uruguaio Liverpool, quarta-feira, no Maracanã. Deixou uma dúvida quanto a situação de Orejuela e Renato Chaves, mas a dupla também deve ficar fora - o volante volta da seleção do Equador e o zagueiro foi preservado diante do Madureira.

Além de Marcos Junior, nomes como Reginaldo, Daniel, Lucas Fernandes, Maranhão, Osvaldo devem ganhar chance. O atacante, aliás, entende que precisa de ritmo de jogo. Na temporada, é reserva de Richarlison e Wellington. Tem 14 participações em jogos e um gol.

Leia Mais
- Artilheiros, Guerrero e Richarlison travam disputa particular no Fla-Flu
- Empresário de Osvaldo se reúne com o Fluminense por rescisão contratual
- Copa América 2019 será disputada em sete cidades brasileiras
- Fluminense recebe Brasil-RS por vaga nas quartas da Primeira Liga
- Leia mais notícias sobre Fluminense em www.futnet.com.br/fluminense

- Vamos ver o que ele (treinador) vai fazer. Ainda não disse quem vai jogar. Espero ter oportunidade, preciso de ritmo de jogo. É um jogo bom, é clássico, sempre é bom estar em campo. Espero fazer o papel que eu vinha desempenhando. Espero fazer gol também. E que o time saia com a vitória - comentou Marcos Junior.

O clássico será em Cariacica, no Espírito Santos. De acordo com Marcos Junior, a partida perde um pouco do charme que teria se fosse disputada no Maracanã. O que precisa mudar é a precisão nas finalizações. Diante do Madureira, o Flu concluiu 25 vezes a gol. E perdeu chances incríveis.

- Faltou mais concentração na hora de finalizar. A gente perdeu muitos gols, né? Até eu perdi um de cabeça. Faltou um pouco de tranquilidade. Precisamos melhorar - comentou o atacante.

Com 10 pontos, o Flu lidera o Grupo C da Taça Rio. A última rodada é diante do Flamengo, domingo.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Fluminense