Publicada em 30/03/2017, às 10:11

Lesões, "empatite" e afirmações: Grêmio oscila na 1º fase do Gauchão

Técnico Renato conta com grupo refeito para cumprir promessa e ver time melhorar desempenho em duelos com o Veranópolis, pelas quartas de final do campeonato

Titulares, Maicon e Geromel retornam domingo (Foto: Diego Guichard/GloboEsporte.com)

A primeira fase está encerrada e, segundo Renato Portaluppi, o Campeonato Gaúcho começa agora para o Grêmio. Os primeiros 11 jogos gremistas na competição mostraram um time ainda oscilante na temporada – com a última amostragem dos titulares como a grande apresentação até agora na temporada – e reconstruído para o início da fase decisiva contra o Veranópolis, no próximo domingo, às 16h. Bolaños e Léo Moura saem como afirmações, enquanto o meio-campo tentará provar promessa de Renato ao ser reconstruído.

Até agora, a campanha foi marcada pela “empatite” do time gremista. Foram quatro vitórias, cinco empates e duas derrotas – aproveitamento de 51,5%. O time anotou 16 gols e sofreu outros nove. Acabou a fase entre os quatro primeiros, com a vantagem de jogar em casa contra o VEC e São José, na semi, caso este se classifique no duelo contra o Novo Hamburgo.

– Encontramos dificuldades há alguns dias na Arena (contra o Veranópolis). Gosto do mata-mata, agora perdeu, está fora. É o campeonato que eu gosto. Por isso digo que começa neste fim de semana. Depois do Novo Hamburgo, falei que o grupo todo estava de volta e agora a gente vai ver – comentou o técnico ao final da partida em Rio Grande.

Leia Mais
- Confira os brasileiros com mais gols nas ligas européias e os principais artilheiros!
- Barrios divide Hat-Trick com colegas gremistas: 'Grupo está muito forte'
- Com terceiro problema no ano, Maicon soma metade dos jogos de titulares do Grêmio
- Volante Maicon pode ser desfalque contra o Guaraní
- Leia mais notícias sobre Grêmio em www.futnet.com.br/gremio

A primeira fase também mostrou um rendimento oscilante do Grêmio. Não teve o predomínio costumeiro de outros campeonatos, com abundância de vitórias e bons resultados. Mas sofreu também com desfalques importantes durante o processo e se viu obrigado a reformular a equipe no meio da competição. O que trouxe algumas afirmações para o time, que teve a melhor atuação da temporada na vitória por 4 a 0 sobre o Juventude, no último final de semana, na Arena.

Confira abaixo o que fica de positivo e negativo para o Grêmio:

BOLAÑOS

O equatoriano se firmou no Tricolor como grande nome após a lesão sofrida por Douglas. Bolaños se destacou e é um dos artilheiros da competição, com cinco gols marcados. Estará novamente em campo contra o Veranópolis, no domingo, no time principal.

LÉO MOURA

Outra afirmação até agora na temporada gremista é o lateral-direito e agora meia Léo Moura. O jogador de 38 anos assumiu a lateral na ausência de Edílson e agora é o meia aberto pela direita da equipe, com Ramiro mais recuado. Esta formação está praticamente definida pelas escolhas feitas por Renato ao formar o grupo justamente para o jogo desta quarta. Levou Thyere e Michel, que vinham substituindo Geromel e Maicon enquanto os titulares se recuperavam.

OSCILAÇÃO E EMPATITE

Renato avisou que o time não teria o seu melhor rendimento no início do ano. O Grêmio começou o Gauchão vencendo o rebaixado Ypiranga na Arena sem empolgar, mas também sem correr grandes riscos. Na rodada seguinte, perdeu a primeira, para o Caxias, sem jogar bem. Somou mais duas vitórias e um empate até iniciar a série de quatro empates seguidos, a partir do Gre-Nal, pela sexta rodada. Aliás, bom desempenho não marcou exatamente a fase de grupos do Gauchão por parte do Tricolor, até o jogo com o Juventude, na penúltima rodada.

LESÕES E PROMESSA

Agora entra em jogo a promessa de Renato. O técnico avisou que quando os principais jogadores estivessem de volta, retomando a estrutura de time do ano passado, o desempenho iria melhorar. O que vai ocorrer a partir do próximo domingo, quando Edílson, Geromel e Maicon atuarão junto com a base pentacampeã da Copa do Brasil pela primeira vez. A única mudança técnica em relação ao time do ano passado será Ramiro na vaga de Walace, ao lado de Maicon, com a entrada de Léo Moura no time. Ficaram ainda no departamento médico os atacantes Lucas Barrios e Beto da Silva – Douglas e Jael só retornam em agosto.

NOVO MEIO

O meio-campo, tão elogiado, é talvez o ponto de interrogação do time do Grêmio para as decisões. Não que falte qualidade, longe disso. Mas a mecânica demorou a engrenar conforme outrora e só ficou ajustada no duelo com o Juventude. Nos demais jogos, a equipe alternou momentos bons, como no Gre-Nal, mas também apresentou problemas na saída de bola e na articulação.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Grêmio