Publicada em 29/03/2017, às 19:14

São Paulo retoma liderança na média de público; Flamengo sobe no ranking

Tricolor Paulista quebra recorde de público no Majestoso, alcança a marca de 29.782 pagantes por jogo e supera o rival Palmeiras. Time carioca pula para a quinta posição

Ranking de média de público 2017 - 2ª parcial (Foto: GloboEsporte.com)

O São Paulo bateu o seu recorde de público como mandante na partida contra o Corinthians, no último domingo, no Morumbi, pelo Paulistão. Na ocasião, 51.869 torcedores compareceram ao estádio para prestigiar o clássico, que terminou empatado por 1 a 1. A marca anterior tinha sido registrada no confronto em casa diante da Ponte Preta, pela segunda rodada do Paulistão, quando o Tricolor goleou por 5 a 2 diante de 50.952 pagantes.

A grande quantidade de ingressos vendidos para o Majestoso, que só contou com são-paulinos, fez o clube assumir a liderança momentânea no ranking de público, com uma média de 29.782 pagantes por jogo, ultrapassando o rival Palmeiras. O levantamento feito pelo GloboEsporte.com para medir a presença de torcedores nos estádios do país em 2017 tem como base os 60 clubes participantes das Séries A, B e C do Brasileirão.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

Há exatos 13 dias, o Verdão liderava a média de público no ano, mas agora ocupa a segunda posição, com 28.319 pagantes por partida. No último sábado, 27.386 torcedores pagaram ingresso para assistir ao empate com o Audax-SP por 2 a 2, na Arena Palmeiras. O técnico Eduardo Baptista mandou a campo uma equipe recheada de reservas, já que o time Alviverde garantiu a classificação para as quartas de final do Paulistão com três rodadas de antecedência. Mesmo assim, o estádio teve uma boa presença de público.



Em comparação com a última parcial, quem ganhou mais posições no ranking foi o Flamengo, que subiu da oitava para a quinta colocação, com 14.084 pagantes. O aumento significativo foi pelo bom comparecimento da torcida no clássico contra o Vasco. Ao todo, 28.071 torcedores compareceram ao Mané Garrincha, em Brasília.

A partida ficou no 2 a 2 e teve como personagem principal o árbitro Luís Antônio Silva Santos, que marcou um pênalti equivocadamente para a equipe de São Januário nos minutos finais do jogo.

Por sua vez, o Atlético-PR desceu três posições no levantamento. A média do Furacão, que era de 14.914, caiu para 13.034 torcedores. Um dos motivos pode estar na redução do número de torcedores nos últimos jogos. Dos três piores públicos do clube paranaense na Arena da Baixada em 2017, dois foram registrados justamente nas últimas duas vezes que a equipe comandada pelo técnico Paulo Autuori entrou em campo.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Com dores, Kayke desfalca Santos e Ricardo Oliveira deve retornar
- Hernanes elogia Cueva, mas abre concorrência com o peruano
- Zagueiro do Santos elogia torcida no Pacaembu e quer Alçapão em decisão
- Micale comemora retorno de Léo Silva e tenta superar desfalque de Fred

Últimas