Publicada em 28/03/2017, às 20:46

Quatro quilos mais magro, Jucilei diz ter feito melhor jogo, mas busca auge

Adaptado ao clube e ao estilo de jogo do técnico Rogério Ceni, meio-campista acredita que time vai crescer de rendimento e que a defesa vai parar de tomar gols

Jucilei se exercita no CT da Barra Funda (Foto: Erico Leonan / site oficial do São Paulo FC)

Um dos destaques do São Paulo no clássico do último domingo, contra o Corinthians, pelo Campeonato Paulista, o volante Jucilei começa a ganhar espaço dentro do time de Rogério Ceni. Contratado para ser o homem de proteção da zaga, o camisa 25 evoluiu na parte física e taticamente já pode ser considerada uma peça bastante importante.

O jogador está feliz com seu momento. Quatro quilos mais magro, ele acredita ter feito no último final de semana a sua melhor partida desde que foi contratado. Mas deixa claro: ainda há espaço para melhorar.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

– O São Paulo está adquirindo um ritmo bom e eu estou muito feliz por ter atuado os 90 minutos contra o Corinthians. Foi a minha melhor partida desde que cheguei. Mas tenho de seguir trabalhando para buscar o meu auge – ressaltou o meio-campista, durante entrevista nesta terça-feira, no CT da Barra Funda.



O atleta diz que sofreu no início porque chegou muito abaixo do seu ideal fisicamente.

– Antes de estrear pelo São Paulo, havia jogado pela última vez no dia 31 de outubro do ano passado. Cheguei completamente fora de forma. Quando entrei, senti o ritmo muito mais intenso do que havia na China. Agora tudo já está melhor. Esquecer de jogar a gente nunca esquece – disse.

Jucilei acredita que o São Paulo vive bom momento na temporada, apesar de estar há cinco partidas sem vencer na temporada.

– Para mim, estamos há cinco partidas sem perder (são quatro, na verdade, porque o Tricolor perdeu do Palmeiras). O time está jogando bem. Contra o Corinthians, fomos superiores, buscamos o gol o jogo todo, eles jogaram fechadinho. Não sofremos nenhum contra-ataque, só bobeamos em uma bola e levamos o gol. Mas agora é buscar a vitória contra o São Bernardo para fechar a fase na primeira colocação – afirmou.

O meio-campista acredita que o sistema defensivo vai melhorar de rendimento. Hoje, o São Paulo tem a segunda pior defesa do Campeonato Paulista, com 24 gols. Nesta quarta-feira, o time encara o São Bernardo, às 21h45, fora de casa, pela última rodada da fase de classificação.

– Sabemos que essa situação incomoda. Mas só podemos mudar isso com trabalho. Nosso ataque é muito forte, sempre marca. Por isso, temos de cuidar da defesa. O Rogério trabalha duro no dia a dia, faz treinos para a defesa. Vai chegar a hora em que não sofreremos mais gols.

Próximo adversário: São Bernardo
Local: estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo (SP)
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Escalação provável: Renan Ribeiro; Araruna, Lugano, Breno e Júnior Tavares; Wellington, João Schmidt e Wesley; Shaylon (Neilton), Gilberto e Chavez
Desfalques: Sidão, Cueva, Buffarini, Pratto, Lucas Fernandes, Wellington Nem, Thiago Mendes e Bruno
Arbitragem: Vinícius Gonçalves Dias Araújo, auxiliado por Hernan Brumel Vani e Bruno Salgado Riso
Transmissão: Premiere (com Bachin Júnior e William Machado)
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 20h45

Fonte: Globoesporte.com
São Paulo FC) target=_blank>Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- São Paulo se interessa por Marcos Rocha, lateral do Atlético-MG
- Aderllan é regularizado no São Paulo, mas faz trabalho físico para estrear
- Sem espaço e com poucos jogos em 2017, Hernanes quer lugar na meia
- Para recuperar São Paulo, Dorival enfrenta único time que não salvou
- Leia mais notícias sobre São Paulo em www.futnet.com.br/saopaulo

Mais sobre - São Paulo