Publicada em 28/03/2017, às 20:48

Jair será julgado por ofensas a árbitro e pode ser suspenso por quatro jogos

Maurício Machado Coelho Junior relata xingamentos do treinador do Botafogo na derrota no clássico contra o Fluminense. Julgamento deve ocorrer na próxima semana

Jair Ventura foi expulso contra o Fluminense (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

O Botafogo pode perder o técnico Jair Ventura na reta final do Campeonato Carioca. O treinador será julgado por ofensas ao árbitro Maurício Machado Coelho Junior, no clássico contra o Fluminense, na última semana. A tendência é que ele seja enquadrado no artigo 243-F do código da Justiça Desportiva. Nesse caso, a pena é de quatro jogos, além de multa entre R$ 100 e R$ 100 mil, de acordo com o procurador-geral do TJD, André Valentim. O julgamento está previsto para a próxima quarta-feira.

Na quinta-feira passada, Jair Ventura foi expulso nos minutos finais da derrota por 3 a 2 para o Fluminense. Na súmula do clássico, o árbitro Maurício Machado Coelho Junior relatou ofensas do treinador do Botafogo. Jair cumpriu suspensão automática no domingo, contra o Bangu.

- Aos 47 (quarenta e sete) minutos do segundo tempo, expulsei o treinador da equipe do Botafogo F.R., Sr. Jair Ribeiro Ventura, após o quarto árbitro da partida me informar sobre reclamações insistentes por gestos e palavras d dizendo as seguintes frases: "Vai tomar no c..., só três minutos, tá de sacanagem"; "Dá pênalti para os caras e não dá para a gente"; "Num f...". Após ser expulso, o treinador saiu batendo palmas e ironicamente disse: "Tá de parabéns".

Leia Mais
- Airton retorna, 'toma conta' do meio e destaca que renovação está próxima
- Em quatro meses, Botafogo iguala número de expulsões de 2016 e liga alerta
- Estado do Rio avisa que não tem prazo para definir o futuro do Maracanã
- Rodrigo Pimpão acerta renovação com o Botafogo até o final de 2019
- Leia mais notícias sobre Botafogo em www.futnet.com.br/botafogo

Além do tempo de acréscimo, Jair Ventura reclamou de um pênalti não marcado de Renato Chaves em Guilherme.

- Foi minha primeira expulsão. Não falo de arbitragem, mas vamos deixar para eles que são especialistas analisarem o pênalti. O que reclamei foi em relação aos acréscimos. Faz parte do show. O futebol é assim há anos. Mas não temos que tirar os méritos da equipe do Fluminense - disse o treinador, logo após a partida.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Botafogo