Publicada em 28/03/2017, às 09:50

Ex-Ju, Brenner e Roberson participam de mais da metade dos gols do Inter

Dupla contribui com bola na rede ou assistência em 16 dos 31 tentos anotados no ano

Brenner e Roberson participam de mais da metade dos gols do INter (Foto: Ricardo Duarte / Divulgação, Inter)

Após garantir vaga antecipada nas quartas de final do Gauchão, Antônio Carlos Zago abriu a semana envolto em clima de maior tranquilidade para ajustar detalhes em seu Inter, mesmo em um começo de ano irregular. E pode creditar a calmaria momentânea a dois velhos conhecidos, que muito o ajudaram nos tempos de Juventude. Egressa do Alfredo Jaconi, como o próprio comandante, a dupla Brenner e Roberson tem contribuição direta com o rendimento da equipe, a ponto de ter participado, direta ou indiretamente, com mais da metade dos gols do Inter em 2017.

Ao todo, o Colorado anotou 31 gols em 17 partidas disputadas por Gauchão, Copa do Brasil e Primeira Liga. O artilheiro Brenner reina soberano, com 11 tentos, ao passo que Roberson anotou outros três. Além disso, o centroavante contribui com duas assistências – uma delas para o meia-atacante, que tem ainda outro passe para um companheiro empurrar a bola para as redes. Ou seja: a dupla tem participação, direta ou indireta, em 16 gols. Ou em 51,6% na temporada.

Nesta temporada, ambos brilham lado a lado no Inter de Zago, numa situação que, curiosamente, contrasta com a vivida no Alfredo Jaconi. Pelo Juventude, Roberson só assumiu papel de destaque a partir da ausência de Brenner, primeiro devido a uma lesão, depois, à transferência ao Inter. O centroavante chamou a atenção do Colorado após se destacar como vice-artilheiro do Gauchão do ano passado, com sete gols – Heliardo foi o artilheiro com oito, pelo São José.

Leia Mais
- Brenner pode pegar suspensão de 180 dias por agredir árbitro
- Colorados já compraram 18 mil ingressos para a final do Gauchão
- Zago comanda treino sem presença de zaga titular; Eduardo Sasha é atração
- Copa América 2019 será disputada em sete cidades brasileiras
- Leia mais notícias sobre Internacional em www.futnet.com.br/internacional

Brenner chegou ao clube logo após o Gauchão e permaneceu 80 dias em recuperação de uma tendinopatia na coxa direita, até assinar contrato com o clube, em meados do ano. Ainda assim, o atacante permaneceu no ostracismo, num total de seis meses sem atuar, até receber a primeira oportunidade, na derrota por 1 a 0 para o Fortaleza, fora de casa, pela Copa do Brasil.

Seu brilho, de fato, se consolidou na temporada atual, com Antônio Carlos Zago. E aos poucos, sempre com gols. O primeiro veio diante do Brasil de Pelotas, pela Primeira Liga, no Beira-Rio. Depois, alternou entre reserva e titularidade até garantir seu lugar de vez como artilheiro, com mais de um terço dos gols da equipe na temporada.

Roberson, por sua vez, foi o primeiro reforço contratado por Zago pelo Inter, ainda em 2016, e desembarcou em Porto Alegre como homem de confiança do chefe, após ser a referência do Juventude que chegou às quartas de final da Copa do Brasil em campanha surpreendente. E mantém seu posto com o técnico no Colorado. O meia-atacante é o segundo atleta de linha que mais atuou, ao lado de Rodrigo Dourado, com 13 jogos. Só perde para Uendel, que esteve em campo em 14 partidas.

A dupla não tem presença garantida nesta quarta-feira, contra o Cruzeiro-RS, às 21h45, na última rodada da primeira fase do Gauchão, no Estádio Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves. Já classificado, o Colorado ocupa a sexta colocação na tabela. Posto que leva Zago a cogitar uma formação com atletas preservados no confronto, ainda que a meta seja avançar às quartas de final entre os quatro melhores colocados. O treinador deve definir de vez o time no treino desta terça-feira à tarde.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Internacional