Publicada em 27/03/2017, às 10:25

Ferj afasta árbitro e bandeirinha que erraram em pênalti no fim do clássico

Luis Antonio Silva dos Santos marcou pênalti a favor do Vasco nos minutos finais do jogo contra o Flamengo. Auxiliar Daniel Parro também foi afastado

A bola bate na barriga de Renê no lance do pênalti para o Vasco (Foto: Reprodução)

O clássico entre Flamengo e Vasco mal terminou, e a Federação de Futebol do Rio de Janeiro agiu. O árbitro Luis Antonio Silva dos Santos, o Índio, e o auxiliar Daniel do Espírito Santo Parro foram afastados por período indeterminado e não apitam mais no Carioca. O comunicado partiu do Grupo de Gerenciamento de Problemas da entidade.

O que determinou o afastamento da dupla foi o pênalti marcado a favor do Vasco no fim da partida. Aos 47 minutos do segundo tempo, Nenê cruzou, a bola bateu na barriga do lateral Renê e Índio marcou pênalti. O lance gerou enorme revolta dos rubro-negros e determinou o empate cruz-maltino no clássico.

Antes, o árbitro já havia roubado a cena na partida no lance da expulsão de Luis Fabiano. O atacante recebeu cartão amarelo por falta em Márcio Araújo no meio de campo. Ficou transtornado e foi para cima do árbitro, dando um encontrão e recebendo o vermelho.

Leia Mais
- Polêmica da final: Cruzeiro lamenta falta de torcida dividida; Atlético-MG diz estar cumprindo regulamento
- Marquinhos Gabriel faz tratamento para tentar reforçar Corinthians em final
- Bandeira diz estar aberto a gestão compartilhada do Maracanã e sugere 'rachar' despesa com rivais
- Zé Ricardo exalta importância e protagonismo de Guerrero no Fla

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Últimas