Publicada em 24/03/2017, às 16:11

Zago põe fim a improvisações no Inter e confirma time com Cuesta na zaga

Comandante evita indicar parceiro de argentino na defesa, mas garante que Uendel atuará na lateral esquerda e que Charles será o substituto do suspenso Dourado

Zago põe fim a improvisações no Inter (Foto: Eduardo Deconto/GloboEsporte.com)

Antônio Carlos Zago surpreendeu ao improvisar o estreante Victor Cuesta, zagueiro de origem, como lateral-esquerdo no empate em 1 a 1 com o Ypiranga, que rendeu ao Inter o bi da Recopa Gaúcha, na quarta-feira. E deve ser a última vez que opta pela criatividade para delinear sua equipe. Após o rendimento abaixo do esperado em Erechim, o comandante afirmou, na entrevista coletiva desta sexta-feira, que irá abolir as improvisações no Colorado em 2017.

O comandante garante que só irá deslocar um atleta para uma posição que não a sua costumeira em situações específicas, caso seja a última solução possível. A prova disso já recai sobre a escalação para encarar o São José, no próximo domingo, às 16h, no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo. O comandante confirmou, logo de cara, que o argentino será escalado como zagueiro – ainda sem definir quem será o parceiro, entre Léo Ortiz e Paulão – assim como Uendel atuará pela lateral esquerda, e Charles, na vaga de Rodrigo Dourado, suspenso.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

Até porque o rendimento do Inter respalda sua decisão. Contra o Juventude, Zago improvisou William na lateral esquerda e viu a equipe sucumbir numa polêmica derrota por 1 a 0. Diante do Ypiranga, o treinador foi obrigado a alterar seu esquema, diante da atuação apática com Cuesta pela esquerda. Deslocado para a zaga, o gringo cresceu na partida.



– Contra o Juventude, eu improvisei o William na esquerda. Eu não gosto de fazer isso. Mas é falta de opção, mesmo. Nós tínhamos encontrado uma maneira de jogar com Uendel por dentro. Nosso lado esquerdo vinha jogando muito bem. No último jogo, bati em cima do Cuesta na esquerda. Mexi, o time rendeu mais, criou várias oportunidades, fez gol e poderia ter saído com resultado positivo. Não tem mais improvisação. Só se não tivermos mesmo no grupo um jogador para determinar determinada posição – afirma o treinador.

Sem improvisações, Zago foca em assegurar a classificação às quartas de final do Gauchão. Nos cálculos do treinador, é preciso de apenas uma vitória nos próximos dois jogos – contra São José e Cruzeiro-RS – para se garantir no G-8. O objetivo, porém, é vencer as duas partidas para tentar beliscar uma classificação entre os quatro primeiros.

– Pelos resultados de ontem (quinta-feira), uma vitória nos coloca dentro dos oito que vão se classificar para a próxima fase. Tem um confronto na última rodada, entre Juventude e São José, um mata o outro. Se conseguirmos a vitória no domingo, estamos dentro. O mais importante seria conquistarmos os próximos seis pontos, até para nos classificarmos entre os quatro primeiros. Seria bom para decidirmos a próxima fase em casa – ressalta Zago.

O elenco de Zago tem um último treinamento na manhã deste sábado, antes de encarar o São José, em duelo direto por uma vaga no G-8 do Gauchão. O Colorado é oitavo colocado, com 11 pontos, dois a menos que o Zequinha, na atual sexta colocação. As duas equipes se enfrentam às 16h do domingo, no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, pela 10ª rodada do estadual.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Técnico do Inter se manifesta após resposta polêmica em coletiva: 'Fui infeliz'
- Questionado sobre atuação do Inter, Guto Ferreira dá resposta polêmica à repórter: 'Você é mulher. Não jogou'
- Inter vence o Luverdense no Beira-Rio com gol polêmico e encosta no G4
- Em busca de um atacante, diretoria do Internacional mira Grafite
- Leia mais notícias sobre Internacional em www.futnet.com.br/internacional

Mais sobre - Internacional