Publicada em 24/03/2017, às 08:01

Renato defende força do grupo, mas atrela melhora a volta de titulares

Comandante costuma enaltecer poderio do plantel gremista, mas aguarda volta de peças importantes para fim de oscilação; Tricolor teve 10 desfalques contra o Noia

Renato defende grupo, mas atrela Grêmio ideal a volta de titulares (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Gestor do grupo de mão cheia e ferrenho defensor de seus atletas, Renato Gaúcho ressalta a cada manifestação nos microfones a força do elenco do Grêmio Faz parte de seu estilo "tranquilizar" o torcedor acerca do potencial do time, até pela desconfiança que paira sobre a Arena em meio à série de quatro empates seguidos pelo Gauchão. Mas no meio de seu discurso, o treinador apresenta uma solução "paradoxal" à irregularidade da equipe: ao passo que enaltece o poderio do plantel, o técnico atrela a recuperação à volta dos atletas lesionados. E não são poucos.

O paradoxo vivenciado pelo comandante ficou evidente na entrevista coletiva após o empate em 1 a 1 com o Novo Hamburgo, na última quarta-feira, no Estádio do Vale. O treinador logo citou a conquista da Copa do Brasil de 2016 como prova de que o Grêmio tem um grupo "forte". Em seguida, reconheceu que o Tricolor só voltará a atuar no mesmo nível da temporada passada a partir da volta de peças chave da equipe, que atualmente estão no departamento médico.

– Na hora que precisar, eu confio totalmente no meu grupo. Todo mundo vai estar de volta, e aí, pode ter certeza que na "hora H", vai ser o Grêmio do ano passado. O elenco do Grêmio é forte? O elenco do Grêmio é forte, sim. No ano passado, ninguém acreditava, e o Grêmio conquistou a Copa do Brasil passando pelos melhores times do Brasil. Estamos ligados. O torcedor pode ficar tranquilo. Na "hora H" vai estar todo mundo voltando, eu terei o grupo ainda mais forte, e iremos buscar o título – disse o treinador, se referindo à conquista do Gauchão.

Leia Mais
- Confira os brasileiros com mais gols nas ligas européias e os principais artilheiros!
- Barrios divide Hat-Trick com colegas gremistas: 'Grupo está muito forte'
- Com terceiro problema no ano, Maicon soma metade dos jogos de titulares do Grêmio
- Volante Maicon pode ser desfalque contra o Guaraní
- Leia mais notícias sobre Grêmio em www.futnet.com.br/gremio

Diante do discurso protetor de Renato, a avaliação interna da diretoria de futebol, claro, aponta as baixas como principal fator para a irregularidade da equipe. Não à toa. Entre peças chave e alternativas, o Tricolor tinha, contra o Novo Hamburgo, ao menos 10 desfalques, com pesos e efeitos variados (confira na tabela abaixo). Dos titulares, Marcelo Grohe, Edílson, Pedro Geromel, Maicon, Douglas e Bolaños foram ausências. Lucas Barrios, Maxi Rodríguez, Beto da Silva e Jael completam a lista.

As justificativas para a série de quatro empates não se restringem às baixas. Renato ainda cita os enredos das duas últimas partidas, em que o Tricolor teve de fazer força para igualar após sair atrás no marcador. As dificuldades do setor ofensivo contra rivais recuados também figuram como elemento que influencia na queda de rendimento da equipe. A sequência atual no estadual tem: 2 a 2 no Gre-Nal, e três 1 a 1, contra Brasil-Pel, Veranópolis e Novo Hamburgo – a série só é interrompida pelo 2 a 0 aplicado no Zamora, na Venezuela, após o clássico.

Esperanças para o sábado

Em meio à "empatite crônica" vivenciada atualmente, o Grêmio depara com notícias alentadoras do treino desta quinta-feira, na reapresentação do elenco. Recuperados de lesões, Marcelo Grohe, Maicon e Pedro Geromel retomaram os trabalhos com os demais companheiros. O goleiro deve estar em campo diante do Juventude, no próximo sábado. O capitão e o xerifão da zaga, porém, ainda serão reavaliados nesta sexta-feira e têm status de dúvida no Tricolor.

Até porque ambos treinaram com cuidados especiais. A dupla atuou com coletes dourados, como coringas, em um trabalho tático em campo reduzido, sempre como "atacantes", numa espécie de teste acerca de suas condições médicas. Maicon se recupera de uma lesão na panturrilha direita, que o acometeu na semana antes do Gre-Nal 412. Geromel, por sua vez, fraturou a costela, em dividida com Brenner, no clássico.

Em espera dos retornos de peso, o Grêmio faz um último treinamento antes de encarar o Juventude na tarde desta sexta-feira, provavelmente com portões fechados, na Arena. Tricolor e Ju se enfrentam a partir das 19h deste sábado, na Arena, pela 10ª rodada do Campeonato Gaúcho. A equipe de Renato Gaúcho ocupa a terceira colocação na tabela, com 14 pontos.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Grêmio