Publicada em 24/03/2017, às 08:21

Clássico contra o Flamengo pode ser um divisor de águas para o Vasco

Classificado pelo presidente Eurico Miranda como um 'campeonato à parte', partida tem peso grande. Por isso, vitória dá moral e pode marcar arrancada do Cruz-Maltino no ano

Será o primeiro clássico de Milton Mendes à frente do Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

O clássico entre Vasco e Flamengo tem um peso grande. Tanto que o presidente vascaíno, Eurico Miranda, classifica a partida como um 'campeonato à parte'. Por isso, uma vitória contra o rival pode funcionar como um divisor de águas para o Cruz-Maltino, dando moral para o início de uma nova fase da equipe após o início ruim na temporada.

O zagueiro Jomar conta que o espírito da equipe já está melhor desde o jogo contra o Botafogo, no último domingo. O jovem admite que um triunfo contra o rubro-negro vai dar uma motivação a mais para o time ir em busca do tricampeonato carioca.

- Com certeza pode ser um divisor de águas. A motivação começou já na partida contra o Botafogo. Eu creio que a gente ganhando vai motivar ainda mais a gente para conseguir reerguer o time para lutar pelo Campeonato Carioca – comento o jovem, destacando a importância da partida e garantindo que o Vasco tem condições de vencer.

Leia Mais
- Douglas garante que Vasco vai para as cabeças no Brasileiro
- Veja o balanço do Vasco este ano e o que precisa evoluir para o Brasileirão
- Em reunião, Eurico discorda da posição do Flamengo: 'Maracanã é do povo'
- Nenê posta foto do time com Milton Mendes e mostra clima descontraído no Vasco
- Leia mais notícias sobre Vasco da Gama em www.futnet.com.br/vasco

- É um campeonato à parte, mas se resolve dentro de campo. Será um jogo difícil, dois times grandes. Podemos fazer um grande jogo e sair com o resultado positivo - completou.

Para o duelo, o Cruz-Maltino deve apresentar mais do estilo de jogo do técnico Milton Mendes. Com apenas três treinos do treinador, a equipe já mostrou certa evolução contra o Madureira, apesar de ainda contar com antigos problemas. Com mais tempo, a tendência é que o futebol melhore com as ideias do novo comandante.

Retrospecto recente pode servir como inspiração

O Vasco vem levando a melhor sobre o Flamengo nos confrontos recentes. Nas últimas 10 partidas, o Cruz-Maltino só perdeu uma, justamente a última, por 1 a 0, pela semifinal da Taça Guanabara deste ano. No entanto, há mais uma coisa positiva nesses jogos: quando o time de São Januário chegou em momento ruim em alguns deles, acabou saindo com a vitória.

No primeiro 'Clássico dos Milhões' do Brasileirão de 2015, o Cruz-Maltino ainda não tinha vencido após 10 rodadas, quando derrotou o Rubro-Negro por 1 a 0, com gol de Riascos. No segundo turno, o Vasco, que estava brigando contra o rebaixamento e vinha de uma goleada de 3 a 0 para o São Paulo na Copa do Brasil, acabou batendo o Fla por 2 a 1. Emerson Sheik abriu o placar, e Rodrigo e Nenê garantiram a virada vascaína.

Ainda em 2015, o Cruz-Maltino venceu o Flamengo por 1 a 0 no primeiro confronto pelas oitavas da Copa do Brasil após uma sequência de cinco tropeços no Brasileiro, com gol de Jorge Henrique. Antes do jogo de volta, o Vasco levou 3 a 0 do Goiás, mas garantiu a classificação contra o Rubro-Negro com empate em 1 a 1, graças a cabeçada certeira de Rafael Silva.

O Vasco enfrenta o Flamengo no próximo domingo, às 18h30, no Mané Garrincha, em Brasília. A partida é válida pela quarta rodada da Taça Rio, segundo turno do Carioca.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Vasco da Gama