Publicada em 24/03/2017, às 08:35

Andrezinho desabafa e admite que pensou em deixar o Vasco

De volta ao time depois da saída de Cristovão Borges, meia conta que estava chateado por nem ter sido relacionado para alguns jogos e espera ter aproveitado novas oportunidades

Andrezinho foi titular contra o Madureira. Confira a seguir galeria de fotos do meia pelo Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Após a saída de Cristovão Borges, Andrezinho voltou ao time titular do Vasco após um período amargando a reserva e em alguns jogos no Carioca nem sendo relacionado. O experiente meia, de 33 anos, desabafou e contou que essa situação no clube o deixou chateado.

- Não estava nem sendo relacionado. Acho que a última vez que nem fui relacionado para uma partida, eu tinha 17 anos. Não tenha dúvida (que incomodava). Até porque, como eu disse, eu sou um jogador experiente, que já participei de vários grupos campeões, com vários títulos. Sempre trabalhei para defender a minha instituição. Pelo Vasco eu me doou 100%. Foi uma situação que me chateou muito até porque eu fui um dos três que mais jogou ano passado e você ficar fora de relação, isso machuca. Mas continuei trabalhando, esperando a oportunidade, que aconteceu. Espero ter agarrado - disse Andrezinho à 'Rádio Brasil'.

O meia revelou que pensava em deixar o Cruz-Maltino se as coisas continuassem da mesma forma. Isso porque a situação não era boa nem para ele e nem para o Vasco.

Leia Mais
- Veja o balanço do Vasco este ano e o que precisa evoluir para o Brasileirão
- Em reunião, Eurico discorda da posição do Flamengo: 'Maracanã é do povo'
- Nenê posta foto do time com Milton Mendes e mostra clima descontraído no Vasco
- Estado do Rio avisa que não tem prazo para definir o futuro do Maracanã
- Leia mais notícias sobre Vasco da Gama em www.futnet.com.br/vasco

- Claro que se as coisas continuassem do jeito que estavam, não seria bom nem para mim e nem para o Vasco a minha continuidade - contou o jogador, ressaltando que segue motivado no clube.

- Mas agora é bola para frente, é um novo trabalho e minha vontade e ambição de conquistar títulos pelo Vasco é ainda maior completou.

Andrezinho disse que nunca questionou Cristovão Borges os motivos para deixá-lo de fora até da relação dos jogos. Segundo ele, o jogador precisa respeitar a decisão do treinador, mesmo não concordando, e trabalhar pelas chances na equipe.

- Você tem que respeitar o treinador. No meu ver, você não tem que questionar o porquê de não jogar assim como não questiona quando ele está te colocando. Então, é preciso respeitar a metodologia de cada treinador e mesmo não concordando com algumas coisas, é preciso continuar trabalhando pelas oportunidades.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Vasco da Gama