Publicada em 23/03/2017, às 14:28

Teoria do espelho: a estratégia de Rafinha para ser substituto de Robinho

Meia, que pleiteia vaga do lesionado Robinho, descreve diferenças e semelhanças que o podem credenciar para se tornar titular

Rafinha acredita que jogadores de fora têm que se espelhar nos titulares (Foto: Maurício Paulucci)

É pura física. Você olha no espelho, e os movimentos se repetem, não tem erro. Mas o objeto, corriqueiro no cotidiano de praticamente todo mundo, pode ser uma boa metáfora para o futebol. Pelo menos é o que entende Rafinha, que pleiteia uma vaga no time titular do Cruzeiro, com a ausência de Robinho, que se recupera de uma lesão na coxa direita. O meia acredita que o esquema tático da Raposa está muito bem definido por Mano Menezes, e os jogadores que não são titulares precisam se encaixar na teoria do espelho.

- Difícil mudar um esquema depois de vários jogos dando certo. Os jogadores de fora tem que se espelhar nos jogadores em campo. É difícil alterar um esquema que dá vitórias. Os jogadores que estão de fora tem que se adequar, para que mude só o nome do jogador dentro de campo.

Bom, então vamos às semelhanças e diferenças entre Robinho e Rafinha. Para começar, os dois iniciam o nome com a letra "R". Os dois tem praticamente a mesma altura (Robinho é três centímetros mais alto, 1,70m). Rafinha, que enxerga as diferenças na forma de jogo, já tem até uma estratégia para ajudar Mano a solucionar a dor de cabeça.

Leia Mais
- Mano leva T. Neves ao clássico, mas não confirma titularidade no Cruzeiro
- Mano foca em "detalhes importantes" e revela que vai levar Thiago Neves para o clássico
- Robinho participa de treino às vésperas do clássico e é aplaudido por companheiros
- Nepomuceno confirma jogo com torcida única e recebe crítica da Raposa
- Leia mais notícias sobre Cruzeiro em www.futnet.com.br/cruzeiro

- O Robinho é um jogador mais técnico, que procura armar o jogo. Eu tenho mais velocidade, e o Robinho é mais armador. Eu faço essa função se precisar, mas tem o Thiago Neves que também gosta de voltar para armar. A gente pode alternar, Thiago volta e eu fico mais aberto.

Outra possibilidade para Mano Menezes é colocar Ábila no lugar de Robinho e recuar Rafael Sobis. Desta forma, o treinador poderia solucionar o problema da falta de gols nos últimos jogos. Assim, Rafinha ficaria de fora. Mas o meia garante que vai se empenhar muito para ficar com a vaga.

- Vou buscar meu espaço, o Robinho teve um lesão, e o Mano tem que escolher um jogador, se ele optar por mim eu tenho que estar preparado, e o jogador tem que estar bem preparado para a sequência de jogos complicados.

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Cruzeiro