Publicada em 23/03/2017, às 19:29

Réver admite regulamento ''confuso'', mas prevê Fla com força na Taça Rio

Capitão diz que derrotas para Vasco e Fluminense podem gerar "pressão desnecessária" e que o objetivo é o título: "Não podemos escolher quando jogar"

Rever concedeu entrevista no CT do Flamengo (Foto: Amanda Kestelman)

Dono da melhor campanha na classificação geral, o Flamengo se garantiu na fase final do Campeonato Carioca. Por isso, jogar a fase final da Taça Rio pode virar uma "furada". Isso porque o regulamento prevê que os cartões sejam zerados após as fases de grupos, e não após as fases finais de cada turno. Então, ser eliminado na fase inicial da Taça Rio não traria grandes prejuízos para o Flamengo na competição, e ainda garantiria todos os jogadores zerados nos cartões para a parte decisiva do torneio. Mas para Réver, não existe essa possibilidade. O capitão rechaça qualquer possibilidade de o Rubro-Negro não disputar a Taça Rio com dedicação total.

- Na verdade, é um pouco confuso. Mas nós temos que jogar, estar preparados. Independente da dificuldade da tabela ou do regulamento. Acho que nós temos um grupo forte, muito bem planejado. Acredito que nós não tenhamos nenhum problema independente de quem jogar e qual a competição. Vamos entrar com o que tem de melhor. Em busca sempre da vitória - afirmou.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

Além disso, o zagueiro lembrou que dos próximos três jogos do Flamengo, dois são clássicos - contra Vasco e Fluminense. Derrota nesses jogos poderiam gerar um ambiente de pressão desnecessário no grupo, de acordo com Réver.



- Eu acho um pouco complicado porque nesses últimos três jogos temos dois clássicos. Se a gente for com uma equipe pensando que pode ter jogador suspenso e não vencer o clássico, você gera uma pressão desnecessária. Claro que se for com força total, a vitória não é certa. Mas é maior. Acho que não há motivo para poupar ninguém. Somos uma equipe que toma poucos cartões. Mas não podemos tomar cartões para ficar fora de partidas. Não podemos escolher quando jogar. Infelizmente o regulamento não é tão favorável - disse o capitão.

Confira outros trechos da coletiva do Réver

Elenco
Acho que são jogadores que têm nos ajudado não só nessas partidas fazendo gols. Mas são jogadores que mostram seu potencial para vestir a camisa do Flamengo, para brigar por titularidade. Temos um elenco muito forte. Bom para o grupo e para o treinador, que se sente confiante de poder colocar os jogadores. Isso vem dando resultado. Espero que essas peças continuem dando fruto que é o melhor para o Flamengo.

Força total no Carioca
Acho que time que quer ser campeão não tem momento certo para se dosar. Todo o elenco e comissão só tem o pensamento de colocar o que tem de melhor para chegar ao objetivo que é o título. Não tem que se dosar. Futebol proporciona isso. Temos que ser fortes, ter sabedoria para chegar forte e descansado nas partidas.

Renovação de contrato
Não tem nenhuma novidade. É a mesma coisa do contrato. Também não fico me preocupando com isso. Até porque tem pessoas que cuidam das minhas coisas. E eles estão tentando resolver isso quanto antes. E quanto menos pensar nisso, melhor vai ser meu rendimento em prol do Flamengo. Vou dar meu melhor pelo Flamengo até o último dia, que espero que esteja longe.

Luís Fabiano
Todos nós sabemos da capacidade do Luís Fabiano. É um jogador importante. Sabemos que ele sozinho não resolve a partida. Até a bola chegar a ele tem que passar por muita gente. Temos que ter concentração elevada. E impedir que levem a bola até o Luís.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Márcio Araújo completará 200 jogos pelo Flamengo e receberá homenagem da diretoria do clube
- Diego revela conselhos a Vinicius Júnior e diz que “fica contemplando torcida do Flamengo”
- Cheios da grana e outrora favoritos, Fla e Palmeiras fazem jogo-chave
- Paredão em ação! Diego Alves treina pela primeira vez no Fla
- Leia mais notícias sobre Flamengo em www.futnet.com.br/flamengo

Mais sobre - Flamengo