Publicada em 22/03/2017, às 21:43

Sem brilho, com vitória: Vasco bate o Madureira na estreia de Milton Mendes

Novidade entre os titulares, Pikachu marca o único gol. Luis Fabiano se esforça, tem chances, mas não consegue fazer seu primeiro gol com a camisa cruz-maltina

Pikachu fez o gol da vitória do Vasco ainda na primeira etapa da partida (Foto: Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Se não foi uma atuação para empolgar a torcida, pelo menos o técnico Milton Mendes estreou com uma vitória no comando do Vasco. Nesta quarta, a equipe venceu o Madureira por 1 a 0, em São Januário, e assumiu a liderança provisória do Grupo C da Taça Rio com cinco pontos. O autor do gol da vitória cruz-maltina foi justamente a principal novidade na escalação de Milton Mendes: Yago Pikachu. Atuando como meia, ele aproveitou uma falha da defesa e não falhou de frente para o goleiro.

A vitória serve de combustível para o Vasco que, no próximo domingo, às 18h30, em Brasília, faz o clássico com o rival Flamengo. O Madureira, no sábado, vai até Moça Bonita para enfrentar a Portuguesa. Na classificação geral do Carioca, a equipe da Colina está em terceiro lugar com 14 pontos, e o Tricolor Suburbano está em sexto, com 11.

Luis Fabiano passa perto, mas segue sem marcar

Leia Mais
- Veja o balanço do Vasco este ano e o que precisa evoluir para o Brasileirão
- Em reunião, Eurico discorda da posição do Flamengo: 'Maracanã é do povo'
- Nenê posta foto do time com Milton Mendes e mostra clima descontraído no Vasco
- Estado do Rio avisa que não tem prazo para definir o futuro do Maracanã
- Leia mais notícias sobre Vasco da Gama em www.futnet.com.br/vasco

Apesar de não ter feito uma grande pressão no adversário, o Vasco conseguiu ser dominante desde o início e passou a criar chances, até em jogadas ensaiadas. Luis Fabiano teve uma oportunidade, mas foi travado na hora do chute e a bola não foi na direção do gol. Novidade do técnico Milton Mendes, Pikachu justificou sua escalação em um lance de oportunismo. Ele aproveitou um recuo mal feito do zagueiro Jorge Felipe, driblou o goleiro e colocou o Vasco à frente no placar. Mais compacto e sem sofrer grandes sustos, o time ainda teve outras chances de ampliar. Na melhor delas, Nenê chutou forte de perna direita e o goleiro Rafael Santos. Ao todo foram seis finalizações na primeira etapa.

A segunda etapa começou com um chute de Luis Fabiano e Nenê, em cobrança de falta, na rede pelo lado de fora. Bem no seu estilo, o Fabuloso teve nova oportunidade pouco depois, mas não conseguiu balançar a rede. Após novo erro de Jorge Felipe, ele entrou na área e chutou cruzado. O goleiro espalmou. Vontade não faltava para o camisa 9, que em lance posterior deu lençol no marcador e armou para chutar, mas acabou desarmado. O centroavante deixou o campo aos 37 minutos, substituído por Thalles. Nos minutos finais, o Vasco recuou e o Madureira tentou o último fôlego em busca de um gol de empate, mas a defesa cruz-maltina se segurou até o apito final.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Vasco da Gama