Publicada em 22/03/2017, às 20:57

São Paulo poderá envolver atletas se quiser lateral Edimar em definitivo

Pelo acordo costurado com o Cruzeiro, jogador poderá ser trocado no fim do ano, quando vence o empréstimo. Ele passará por exames nesta quinta-feira antes de assinar contrato

Edimar em ação peio Cruzeiro (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

O São Paulo acertou com o Cruzeiro o empréstimo do lateral-esquerdo Edimar até o fim desta temporada. De acordo com a forma amarrada pelas partes, o Tricolor poderá ceder atletas aos mineiros para ficar com o jogador em definitivo ao término do vínculo. Os nomes dos possíveis envolvidos não foram divulgados.

Em casos de empréstimo, o normal é que o clube que cede o atleta fixe um valor para liberá-lo em definitivo. No entanto, o caso de Edimar é diferente porque no fim do ano ele só terá mais seis meses de vínculo com o Cruzeiro e poderá assinar pré-contrato com outro clube. Daí a Raposa pode ganhar com a cessão de jogadores emprestados.

Outra coisa que ficou acordada é que não há nenhum impeditivo para o atleta atuar na quarta fase da Copa do Brasil, em que São Paulo e Cruzeiro se enfrentam. O mesmo será aplicado no Campeonato Brasileiro.

Leia Mais
- Marcos manda mensagem e tira onda com uruguaio: 'Ele pôs a cara na mão do Melo'
- Pratto crê em erro da arbitragem ao não anular gol de Jô em Itaquera
- Nepomuceno confirma jogo com torcida única e recebe crítica da Raposa
- Atlético-MG se reapresenta após classificação de olho na parte física

- Vamos conversar sobre o novo contrato apenas no fim do ano. Mas os dois clubes possuem jogadores disponíveis, então teremos de analisar. Essa negociação não teve a ver com a Hudson e Neilton - afirmou Klauss Câmara, diretor de futebol do Cruzeiro, citando a troca entre os clubes feita no início do ano, que levou o volante à Toca da Raposa e o atacante ao Morumbi.

Edimar está em São Paulo, onde passará por exames médicos na manhã desta quinta-feira. Se aprovado, ele assinará o vínculo em seguida. A contratação de um lateral-esquerdo atende a pedido do técnico Rogério Ceni, que tem apenas Júnior Tavares para a posição no momento - ele tem usado Buffarini improvisado na esquerda.

Revelado pelo próprio Cruzeiro, Edimar tem 30 anos e voltou ao clube mineiro no ano passado depois de um período fora do país. Seu último clube na Europa foi o Rio Ave, de Portugal. Daí veio a indicação do técnico português Paulo Bento, demitido ano passado antes da chegada de Mano Menezes. O lateral terminou a temporada como titular, mas perdeu espaço este ano e não tem sido utilizado.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte

Últimas