Publicada em 22/03/2017, às 09:59

Por vaga no Paulistão, Santos admite "jogar feio" para vencer o São Bento

Com vitória em Sorocaba, nesta quarta-feira, Peixe entra na zona de classificação às quartas de final. Se empatar, precisa torcer por derrota do Mirassol

Dorival não repetirá time dos dois últimos jogos: Ricardo Oliveira fora (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

A comissão técnica e os jogadores do Santos prezam pelo futebol bem jogado, com toque de bola e mais ataque do que defesa. Mas a filosofia pode ser deixada de lado em prol da classificação à segunda fase do Campeonato Paulista.

Na terceira colocação do Grupo D, o Peixe precisa vencer o São Bento nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), para ficar mais perto das quartas de final.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

Se vencer em Sorocaba, o Santos entra na zona de classificação, beneficiado pelo empate da Ponte Preta em 3 a 3 com o Santo André, na terça. Se empatar, precisa torcer por derrota do Mirassol, que enfrenta o Palmeiras também nesta quarta, às 20h30, na capital.



Faltam três jogos para o fim da primeira fase. E o goleiro Vladimir admite que a saída pode ser jogar feio para vencer.

– Neste momento, sim. O que mais importa é vencer as partidas, jogando bem ou mal. Temos que somar o máximo de pontos possíveis para nos classificarmos à segunda fase – disse o camisa 12.

Contra o Palmeiras no clássico do último domingo, o Alvinegro criou muitas chances, mas foi derrotado por 2 a 1 na Vila Belmiro. A boa atuação foi comemorada, mas não valeu nada em relação à tabela.

– Ficamos contentes porque o volume de jogo aumentou bastante. Houve partidas em que não conseguimos chegar tanto, mas nós temos que jogar bem e vencer – completou Vladimir.

Dorival Júnior gostaria de repetir mesma escalação da vitória sobre o The Strongest, pela Libertadores, e da derrota para o Palmeiras, mas optou por preservar Ricardo Oliveira. O atacante de 36 anos entraria em campo três vezes seguidas pela primeira vez na temporada. A ideia é que ele esteja 100% para a partida contra o Santo André, no sábado.

Sem o camisa 9, o técnico vai escolher entre Rodrigão e Kayke. O primeiro entrou no segundo tempo do clássico contra o Palmeiras e é mais centroavante, com menos mobilidade que o segundo, que gosta de sair mais da área.

Outro desfalque no Peixe é o atacante Copete, que tem problema estomacal – veja a lista de 23 relacionados.

O goleiro Vanderlei está recuperado de fratura no dedo anelar e luxação no dedo médio da mão esquerda, mas continua fora por ainda não ter 100% do condicionamento físico.

Próximo adversário: São Bento
Local: estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba
Data e horário: quarta-feira, às 19h30 (de Brasília)
Escalação provável: Vladimir, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Rodrigão (Kayke)
Desfalques: Ricardo Oliveira (poupado), Copete (problema estomacal), Cleber (dores no joelho), Léo Cittadini (fissura em osso do joelho), Gustavo Henrique e Luiz Felipe (ruptura de ligamentos do joelho)
Arbitragem: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza apita a partida, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Eduardo Vequi Marciano
Transmissão: Premiere 3 (com Odinei Ribeiro e Wagner Vilaron)
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 18h30

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Matheus Jesus veste boné e explica preferência por Santos ao São Paulo
- Após empréstimo, Santos negocia zagueiro em definitivo com o Sion, da Suíça
- Quarteto passará por ‘teste’ com Levir antes de retorno ao Santos
- Levir prevê cansaço no Santos e dificuldades para pegar o Flamengo
- Leia mais notícias sobre Santos em www.futnet.com.br/santos

Mais sobre - Santos