Publicada em 21/03/2017, às 16:13

Camilo lembra orçamento reduzido e ressalta entrega como o diferencial

Em participação no programa "Bem Amigos", camisa 10 do Botafogo lembra da diferença de orçamento para rivais da Libertadores - Flamengo e Palmeiras - e fala do elenco atual

Camilo segue como um dos remanescentes do time do Botafogo no ano passado (Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Um dos destaques deste começo de Copa Libertadores, o Botafogo tem tido, como principal característica, a entrega do seu grupo de jogadores. Foi o que destacou Camilo, camisa 10 e umas das referências técnicas da equipe. Até por isso, o Glorioso pode se equiparar a equipes que tem maior investimento.

- De repente, é o orçamento menor. Trouxemos um Montillo, que é um nome de bom destaque. Mas não temos contratações como Flamengo e Palmeiras. Estamos concentrados, temos um grupo forte dentro de campo. É nítida a entrega do grupo. E isso facilita para que não deixemos de acreditar que podemos fazer o resultado - disse ele no programa "Bem Amigos", do Sportv.

O meia alvinegro também valorizou o trabalho do técnico Jair Ventura nesta criação de uma 'identidade' de Libertadores. O Glorioso volta à campo pela competição apenas no dia 13 de abril, quando visitará o Atlético Nacional-COL. Até lá, o foco da equipe segue na classificação para a próxima fase da Taça Rio.

Leia Mais
- Airton retorna, 'toma conta' do meio e destaca que renovação está próxima
- Em quatro meses, Botafogo iguala número de expulsões de 2016 e liga alerta
- Estado do Rio avisa que não tem prazo para definir o futuro do Maracanã
- Rodrigo Pimpão acerta renovação com o Botafogo até o final de 2019
- Leia mais notícias sobre Botafogo em www.futnet.com.br/botafogo

- Nós temos uma identidade, desde o ano passado, com o Jair e isso facilita o trabalho. Temos dois jogos dificílimos contra o (Atlético) Nacional e o Barcelona-EQU e vamos tentar alcançar bons resultados para conseguir a classificação.

Fonte: LanceNet
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Botafogo