Publicada em 20/03/2017, às 20:12

Sassá fala em ficar e admite erros: "Não dá mais para ficar nessa loucura"

Sincero, atacante revela diálogo com a consciência, admite ter "passado dos limites", promete ser mais polido e assegura que intenção é renovar: "Vou ser titular"

Sassá Botafogo (Foto: Twitter / Botafogoo)

Encostado, em baixa e blindado: há tempos Sassá estava deixado um pouco de lado no Botafogo. Reintegrado ao elenco, o atacante voltou a jogar e nessa segunda-feira reencontrou a imprensa. E em sua primeira entrevista coletiva no ano, ele falou. E como falou. Reconheceu erros, disse que precisa colocar a cabeça no lugar e falou, pela primeira vez, que pretende renovar com o Botafogo.

- Eu parei, tive uma conversa comigo mesmo e decidi que era hora de botar a cabeça no lugar. Muita gente depende de mim, não dá mais para ficar nessa loucura. Chamei, falei: "Irmão, está muito burro. As coisas acontecendo aí e eu dando muito mole". Coloquei a cabeça no lugar, a gente não é santo, mas sei que passei dos limites. Espero conseguir me controlar para fazer um grande ano - disse o atacante, no início da noite desta segunda, no Nilton Santos.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

Outros trechos da entrevista

Erros
As coisas que cometi ano passado não foram nada demais, coisas da idade. Eu fico seis meses sem jogar, do nada começo a fazer um montão de gol, um montão de coisas acontecendo... É normal. Tenho 22 anos, as coisas que eu fazia não tinha tanta repercussão, mas quanto mais eu fazia gol, mais repercussão tinha. Isso que atrapalhou um pouco. Sempre fui a mesma pessoa, só que com mais visibilidade depois. Agora já entendo que não dá para postar tudo, fazer o que a gente pensa. É ficar um pouco mais tranquilo (risos).

Hora de mudar?
Foi quando aconteceu a situação da Libertadores (ficou fora da lista da fase prévia). Aquilo eu não esperava. Depois, cheguei no Paraguai (viajou convidado pela diretoria), me vi voltando a sentir aquele frio na barriga, falei que não dava para ficar vendo jogo na TV, sem poder fazer nada

Arrependido?
De poder estar em uma melhor situação aqui no clube, o que não estou. Maior arrependimento que tenho é esse

Renovação
Aqui é minha casa, quero ficar no Botafogo. Gosto de estar aqui, minha família gosta, espero que eu e o clube nos acertemos o mais rápido possível

Briga pela vaga
Sim, preciso só de ritmo. Voltando a ter ritmo, vou ser titular, vou recuperar meu espaço

Libertadores x Carioca
São competições diferentes. Tenho certeza que a competição mais importante que a gente tem no ano (Libertadores), mas é o que o Jair fala, temos que entrar no Carioca com o mesmo espírito. A gente vai conseguir, entrar no foco para reverter isso aí

Posição
Eu quero jogar, falei para o Jair. Ele está me colocando pelo lado, estou entrando, mas minha briga é jogar de 9. Mas se tiver brecha ali também, vou querer jogar

Saudade de marcar?
Já tem quantos jogos que voltei? Uns três, e não estou dando nem um susto, nem um chute para o gol. Então quero jogar, voltar a balançar a rede que é o que eu mais gosto

100 jogos pelo Botafogo
Estou feliz, marca pessoal que queria realizar. Graças a Deus consegui realizar essa marca

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Vai embalar? Botafogo tem sequência contra times na luta para fugir do Z4
- Reapresentação do Botafogo tem Pimpão e Lindoso como baixas
- STJD absolve Fla e Bota por desordens na semifinal da Copa BR
- Carli descarta erro de Matheus Fernandes em gol do Grêmio
- Leia mais notícias sobre Botafogo em www.futnet.com.br/botafogo

Mais sobre - Botafogo