Publicada em 20/03/2017, às 11:10

Inter prepara recurso no STJD contra perda de mandos e evita citar opções

Clube ainda aguarda ser notificado para recorrer e pode cumprir pena em decisões

Torcedores do Inter brigaram em Veranópolis na estreia do time do Gauchão (Foto: Reprodução / RBS TV)

O Inter ainda não foi notificado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RS) da punição com perda de dois mandos de campo pela briga de torcidas na estreia do Gauchão, contra o Veranópolis, no Antônio David Farina. O clube gaúcho aguarda receber a informação de forma oficial para então entrar com recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), com pedido de efeito suspensivo. Por isso, evita falar em possíveis opções de palco para mandar os jogos.

O clube deve ser notificado nos próximos dias da decisão. Após tomar conhecimento formalmente dos detalhes da punição, vai tentar reverter a decisão para não cumprir a perda de mando de campo nos próximos jogos em casa do Gauchão – o primeiro seria contra o Cruzeiro-RS, na última rodada da fase de grupos, dia 29 de março.

– É uma parte mais do nosso jurídico e dos nossos advogados. Pelo que sei não fomos notificados, tem um prazo do recurso, acho que o clube vai recorrer da decisão e vai depender de ter ou não o efeito suspensivo. Semana que vem vai ser decidido a estratégia, sequer fomos notificados – comentou o vice de futebol Roberto Melo após a vitória sobre o São Paulo-RS, no sábado.

Leia Mais
- Inter admite campanha abaixo, mas reitera crença em trabalho de Zago
- Defesa frágil, irregularidade e falta de padrão: as razões do 7º lugar do Inter
- Inter perde para o Cruzeiro, mas equipes se encontrarão nas quartas
- São Paulo retoma liderança na média de público; Flamengo sobe no ranking
- Leia mais notícias sobre Internacional em www.futnet.com.br/internacional

Até por isso, o Inter ainda não cogita nenhuma possibilidade de estádio para jogar. O Estádio do Vale e o Centenário abrigaram o clube durante a reforma do Beira-Rio e seriam opções mais óbvias. Mas o Novo Hamburgo joga em casa na última rodada e o há partida em Caxias do Sul na 11ª rodada. O Colorado pode também jogar decisões a partir das quartas de final fora de casa em caso, por exemplo, de efeito suspensivo concedido e depois manutenção da punição no STJD.

– Temos que saber quando temos que cumprir a pena. Dependendo do momento, pode ser que não tenha jogos em Novo Hamburgo, em Caxias. Se for no próximo, é uma coisa, e se for nas quartas, semi, é outra situação. Temos que aguardar para decidir isso, onde vamos jogar, e o momento da pena. E quais serão os estádios disponíveis. Importante é a decisão de entrar com recurso e tentar o efeito suspensivo – completou o dirigente colorado.

O Inter foi punido por conta da briga das torcidas ocorrida na primeira rodada do Gauchão, no empate com o Veranópolis. O TJD-RS havia, inicialmente, apenas multado o clube por conta das confusões envolvendo torcedores colorados nas arquibancadas. Mas, em novo julgamento na última quinta-feira, o Colorado foi punido com dois jogos sem poder atuar no Beira-Rio.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Internacional