Publicada em 20/03/2017, às 11:00

Bom humor e fé em Deus: Dedé volta a ser relacionado após mais de um ano

Zagueiro fará parte da lista do Cruzeiro para a partida diante do Joinville, em SC

Dedé volta a participar de um jogo do Cruzeiro nesta terça-feira, em Joinville (Foto: Washington Alves/Light Press)

O Mito está de volta! Mais de um ano depois da última partida, contra o América-MG, pelo Campeonato Mineiro de 2016, Dedé volta a ser relacionado para um jogo do Cruzeiro. O zagueiro está na lista de relacionados para o compromisso com o Joinville, nesta terça-feira, às 19h (de Brasília), em Santa Catarina, pela Primeira Liga. O tempo de ausência dos gramados é o mesmo longe das entrevistas, na Toca da Raposa II. Na manhã desta segunda, Dedé falou com a imprensa, e começou com o bom humor que sempre marcou suas coletivas.

- É sempre um prazer estar com vocês aqui, para falar de coisas boas. Mas saudade não, aí você quebra o pretinho aqui... (risos). Saudade eu sinto da minha esposa e do meu filho - brincou.

Dedé conta a emoção que sentiu quando ficou sabendo que finalmente voltaria a participar de uma partida oficial pelo Cruzeiro. Ele recebeu a notícia na noite deste domingo.

Leia Mais
- Orgulho do Cruzeiro e infância dura: veja a personalidade do garoto Raniel
- Emoção, festa dos amigos e paciência: Dedé conta sobre volta aos gramados
- São Paulo poderá envolver atletas se quiser lateral Edimar em definitivo
- Uberlândia x Cruzeiro: venda de ingressos começa nesta sexta-feira
- Leia mais notícias sobre Cruzeiro em www.futnet.com.br/cruzeiro

- Fiquei muito feliz, ontem (domingo) eu estava em casa assistindo ao jogo com minha esposa e meu filho. Assim que terminou, já passaram para a gente quem ia para Joinville e vi meu nome na lista. Depois de tanto tempo, estava na expectativa de voltar e ser relacionado, de estar sentindo aquela emoção de saber que vou vestir a camisa do jogo, não a de treino. Já tem um ano e pouco que venho passando esse momento. Fiquei feliz, muito emocionado no momento em que passou muita coisa na minha vida neste período sem jogar. Muito aprendizado e muitas reflexões.

Em 2016, Dedé participou de apenas seis partidas, e em 2015 não jogou. Por isso, muitas dúvidas tomaram conta da cabeça do zagueiro nos dois últimos anos. O Mito, no entanto, conta que nunca perdeu a esperança no retorno aos gramados.

- É sempre difícil receber a notícia de uma fratura e de cirurgia. Fiquei quatro meses esperando para treinar com o grupo, e no primeiro treinamento, fraturei de novo. Notícias assim dão uma quebrada. Eu sou um cara muito forte, cabeça centrada. Tento manter sempre meu foco, para retornar. Graças a Deus estou de volta. Nesses momentos a gente dá uma balançada. Mas creio muito em Deus, tenho uma fé muito grande em Nossa Senhora Aparecida. Isso me traz uma energia boa e força para continuar na minha caminhada.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Cruzeiro