Publicada em 20/03/2017, às 12:58

Barrios sente coxa em estreia de titular abaixo pelo Grêmio: "Posso dar mais"

Atacante paraguaio teve estreia discreta no empate em 1 a 1 com o Veranópolis, neste domingo, e deixa o gramado da Arena com dores no adutor da coxa direita

Barrios, em ação na estreia como titular do Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)

A estreia como titular do Grêmio passou longe do esperado e pode até se transformar em problema para Lucas Barrios. Não bastasse a atuação discreta no empate em 1 a 1 do Tricolor com o Veranópolis, neste domingo, na Arena, pela 8ª rodada do Gauchão, o centroavante deixou o gramado com dores no adutor da coxa direita e deve ganhar status de dúvida para a sequência da equipe na tabela do Campeonato Gaúcho.

O problema se manifestou ainda em meados da primeira etapa, mas o paraguaio não só permaneceu em campo, como retornou para o segundo tempo, após uma avaliação dos médicos e uma conversa com Renato Gaúcho. Barrios atuou por mais 17 minutos depois do intervalo, até ser substituído por Everton.

No banco de reservas, o camisa 18 aplicou gelo antes de rumar aos vestiários. Após a partida, Renato Gaúcho explicou o problema, fruto de desgaste natural de um jogador que não era titular desde outubro de 2016, quando defendeu o Palmeiras na vitória por 2 a 1 sobre o Sport.

– Estamos soltando o Barrios. O último jogo que havia começado era em outubro. Como vou botar de cara, sem conhecer nossa forma de jogar? Daqui a pouco machuca, dizem que não é bom jogador. O Barrios por estar sem ritmo, no início do primeiro tempo sentiu o adutor. A gente foi conversando com ele, procurando deixar mais próximo da área. Falei com médicos, ouvi a opinião do jogador. Achei que poderia voltar mais alguns minutos. Mas eu tive que tirar o Barrios. A dor aumentou. Ele sentiu uma lesão. É uma lesão de quem está muito tempo sem fazer esforço. Sentiu. E olha que estamos tendo todo cuidado – disse o treinador.

Leia Mais
- Grêmio pode ter volta de Barrios contra o Coritiba
- Renato admite propostas do exterior e não garante permanência de Luan
- Em jogo de reviravoltas, Cruzeiro busca empate no Mineirão e impede Grêmio de ser líder
- Viu isso? 'Dispensado' no Chelsea, Diego Costa afirma que pode jogar em equipe brasileira
- Leia mais notícias sobre Grêmio em www.futnet.com.br/gremio

Apesar do discurso preocupado de Renato Gaúcho, Barrios deixou o gramado normalmente após a partida. Em contato com a imprensa, o paraguaio reconheceu que viveu uma tarde aquém do que pode render.

– A gente sabe que não fizemos um grande jogo, como a gente vinha fazendo. Eles fizeram um grande jogo, vieram buscar um empate. Em um momento, dominaram no primeiro tempo. Tratamos de virar, o segundo tempo tivemos chances de fazer. Às vezes não é um bom dia, foi o que aconteceu hoje. No pessoal, cada dia estou conhecendo mais os companheiros. E espero ajudar nos momentos em que estiver em campo. Sei que posso dar muito mais ao time – ressalta o atacante.

Com o empate, o Grêmio perde a chance de se aproximar do líder, o Novo Hamburgo, e cai para a terceira colocação na tabela, com 13 pontos. O Tricolor volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h45, para encarar o Novo Hamburgo, em confronto direto, no Estádio do Vale.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Grêmio