Publicada em 17/03/2017, às 08:42

Nenê lamenta eliminação do Vasco: 'Acreditava que ia chegar longe'

Meia não consegue explicar os motivos para a má fase que o Cruz-Maltino enfrenta neste início de temporada e diz que momento agora é de todo o grupo dar um algo a mais

Nenê diz que o momento agora é de trabalhar e todo o grupo dar um algo a mais (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Um dos mais chateados após a derrota do Vasco por 1 a 0 para o Vitória, na última quinta, Nenê lamentou a eliminação do time na Copa do Brasil. O meia disse que era difícil sair da competição da forma que foi, já que sua avaliação, a equipe poderia ter vencido e acabou perdendo com um 'gol bobo'.

- Realmente é muito difícil, ainda mais da maneira que nós jogamos. Poderíamos ter feito um gol no primeiro tempo e depois acabamos tomando um gol bobo, ao meu modo de ver. Realmente é difícil sair dessa maneira, mas fazer o quê?! Temos que seguir - disse o meia ao 'Esporte Interativo', lembrando que o Vasco precisa melhorar rápido porque domingo já encara o Botafogo, pelo Campeonato Carioca.

- Domingo já tem jogo importante, um clássico, e temos que ganhar. Temos que trabalhar, ver os nossos erros, rever o que nós temos que fazer de melhor e não cometer mais erros. É continuar trabalhando, porque é a única maneira - completou o camisa 10 vascaíno.

Nenê não consegue explicar os motivos para a má fase que o Cruz-Maltino enfrenta neste início de temporada. Segundo ele, é preciso que todos deem um algo a mais nesse momento para tirar o time desta situação.

Leia Mais
- STJD absolve Vasco e Milton Mendes por incidentes contra Corinthians
- Luis Fabiano traça meta de gols com a camisa do Vasco na temporada
- Brasileirão 2017 - Botafogo x Vasco: prováveis times, onde ver, desfalques e palpites
- No 'melhor momento', Luis Fabiano supera desconfiança e busca Libertadores para o Vasco
- Leia mais notícias sobre Vasco da Gama em www.futnet.com.br/vasco

- Não sei o que, mas temos que fazer algo a mais. Isso é óbvio. Temos que nos unir ainda mais, ter solidariedade um com o outro, dar força para o outro. Temos que aumentar a união, o trabalho, a concentração, aumentar tudo. Infelizmente, é o que temos que fazer - comentou o meia, contando que acreditava que o time tinha capacidade para chegar longe na Copa do Brasil.

- Está no começo ainda, infelizmente saímos de uma copa que eu acreditava que a gente poderia chegar longe. Agora é focar no Carioca e no Brasileiro que ainda tem muita coisa pela frente.

Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Vasco da Gama