Publicada em 17/03/2017, às 13:42

Ceni não define time do São Paulo, e medalhista de ouro visita o CT

Sem poder fazer atividade tática, técnico abre treino à imprensa e poupa atletas que pegaram ABC. Tricolor recebe Petrúcio Ferreira, campeão paralímpico do atletismo

Petrucio Ferreira, atleta paralímpico, visita o CT do São Paulo (Foto: Alexandre Lozetti)

Rogério Ceni mudou os planos. Os jornalistas puderam ver todo o treino desta sexta-feira, véspera da partida contra o Ituano, no Morumbi. O motivo? O cansaço dos jogadores que atuaram na última quarta-feira, no empate por 1 a 1 com o ABC, em Natal. Eles voltaram do Nordeste na quinta e foram preservados de atividades mais intensas nesta manhã.

Isso inviabilizou treinamentos táticos, aqueles que o técnico costuma fazer com portas fechadas. O grupo foi dividido entre quem enfrentou o ABC e quem ficou fora do jogo. A escalação de sábado deverá ser um misto entre os grupos.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



É certo, por exemplo, que o goleiro Renan Ribeiro será titular. Outros nomes que não entraram em campo na Copa do Brasil devem pintar na escalação, casos do lateral-direito Bruno, do zagueiro Breno, do volante Jucilei e do atacante Pratto, que treinou novamente com a máscara que será utilizada no jogo das 16h deste sábado.

Enquanto isso, Maicon e Wesley, que começaram a treinar em campo nesta semana, fizeram trabalhos com o fisioterapeuta Ricardo Sasaki. O volante se recupera de entorse no tornozelo esquerdo, e o volante de uma artroscopia no joelho direito.

O treino recebeu uma visita especial: Petrúcio Ferreira, campeão paralímpico dos 100m do atletismo, ano passado, no Rio de Janeiro. São-paulino, ele ganhou uma camisa autografada pelo ídolo Rogério Ceni e tirou fotos com Lugano, Maicon, Gilberto, João Schmidt, além do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva.





Depois, com todos os jogadores reunidos, Rogério Ceni detalhará seus planos para enfrentar o Ituano. O São Paulo lidera o Grupo B do Campeonato Paulista, com 14 pontos. O Linense, vice-líder, tem 13. Como prometido, não houve jogadas de bola aérea no CT da Barra Funda.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - São Paulo