Publicada em 15/03/2017, às 23:51

Sem dificuldades, Cruzeiro faz 3 a 0 no Murici e confirma classificação

Time alagoano faz dois gols contra, de cabeça. Rafael Sobis, de pênalti, faz o outro

Jogadores do Cruzeiro comemoram gol na vitória sobre o Murici-AL (Foto: Washington Alves/Light Press)

O sonho do penta continua vivo! Na noite desta quarta-feira, no Mineirão, o Cruzeiro venceu o Murici, por 3 a 0, gols de Rafael Sobis, cobrando pênalti, e de dois jogadores do Murici, Cláudio e Deysinho, contra, e confirmou a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil, após os 2 a 0 do jogo de ida. O placar não refletiu o que foi o jogo. O time mineiro foi superior em campo durante toda a partida, e só não fez mais gols porque o goleiro Dias, da equipe alagoana, teve excelente atuação. O Cruzeiro agora aguarda o sorteio, na sexta-feira, que vai definir seu próximo adversário na competição.

Os dois times voltam a campo agora, pelos campeonatos estaduais. Pelo Mineiro, domingo, às 16h (de Brasília), o Cruzeiro recebe o Tombense, no Mineirão. No Alagoano, o Murici joga quarta que vem, às 21h45, quando enfrenta o CSE, em Palmeira dos Índios.

O jogo

O começo do jogo foi mais difícil para o Cruzeiro do que o esperado. O time da casa partiu pra cima, conforme previa o script, mas encontrou um Murici bem postado no campo de defesa, marcando com uma linha de cinco seguida por outra de quatro, o que dificultou demais a vida do Cruzeiro. Ainda assim, a Raposa conseguia criar boas chances e chegou a perder oportunidades claras, com Sobis e Alisson. Até que o bloqueio foi furado, aos 31 minutos. Thiago Neves bateu falta, e o zagueiro Cláudio cabeceou contra o próprio patrimônio. Cinco minutos depois, Rafael Sobis sofreu pênalti. Ele mesmo bateu e fez o segundo. O 2 a 0 foi até o intervalo junto com a sensação nítida de que a parada já estava resolvida.

Leia Mais
- Fábio critica "haters" e fala sobre sondagem de rival: "Se fosse por dinheiro, já tinha saído"
- No Instagram, Fábio pede 'menos ódio' aos críticos
- Em jogo de reviravoltas, Cruzeiro busca empate no Mineirão e impede Grêmio de ser líder
- Fifa intima Cruzeiro a pagar dívida por Ábila, mas time promete recurso
- Leia mais notícias sobre Cruzeiro em www.futnet.com.br/cruzeiro

No segundo tempo, o Cruzeiro tirou o pé das divididas e foi um pouco mais lento. Mas, ainda assim, manteve a ampla superioridade sobre o Murici. Mano Menezes tirou Ariel Cabral e Rafael Sobis, os jogadores mais regulares da temporada, e colocou Lucas Silva e Ramón Ábila em campo. Antes de fazer o terceiro gol, Thiago Neves perdeu um pênalti que ele mesmo sofreu. O goleiro Dias defendeu. O gol que deu números finais à partida foi, novamente, contra. O camisa 30 do Cruzeiro cobrou outra falta na área e, desta vez, Deysinho, foi quem cabeceou contra o próprio patrimônio.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Cruzeiro