Publicada em 15/03/2017, às 11:35

"Oscar chinês": fã de Pato, sertanejo e sonho realizado de jogar no São Paulo

Esbanjando carisma e conhecimento sobre a história Tricolor, meia tem meta de jogar na Série A do Campeonato Brasileiro e não quer repetir "erros" do compatriota Zizao

Zhang Yuanshu parece ter gostado da camisa do São Paulo: não a tira do corpo (Foto: Carlos Dias)

A contratação de um chinês para o time sub-20 do São Paulo foi um dos assuntos mais comentados entre os torcedores, que sempre buscam informações sobre as promessas que podem brilhar no time profissional em um curto espaço de tempo. Com o nome de Oscar, Zhang Yuanshu, de 19 anos, conversou com o GloboEsporte.com sobre a sua chegada a Cotia, falou da admiração pelo xará brasileiro, Alexandre Pato, e mostrou outro talento: o de cantor sertanejo.

Zhang Yuanshu desembarcou no Brasil em 2014. O primeiro clube dele foi o São Paulo, onde ficou apenas um período até chegar ao Desportivo Brasil, time de Porto Feliz de propriedade do chinês Shandong Luneng. Mostrando uma técnica diferenciada para um jogador oriental e com baixa idade, logo ele se tornou um dos destaques do time do interior paulista na Copa São Paulo. Foi a partir desse momento que o São Paulo voltou a demonstrar interesse pelo jogador.

– Estou muito feliz em poder jogar no São Paulo. Todos sabem que é um grande clube e será uma plataforma para mim. Estou tranquilo, pois no final das contas o que vai contar mesmo é o futebol. O meu grande objetivo é poder jogar no Brasileirão. No São Paulo vejo essa chance de chegar a esse nível. Vou me esforçar para isso – projeta o chinês.

Leia Mais
- Bruno tem suspeita de fratura no tornozelo e está fora do Majestoso
- São Paulo para no segundo tempo e chega a quatro jogos sem vitória
- Diretor do São Paulo diz que Edimar faz exames e descarta Everton Ribeiro
- São Paulo poderá envolver atletas se quiser lateral Edimar em definitivo
- Leia mais notícias sobre São Paulo em www.futnet.com.br/saopaulo

Oscar foi o nome adotado pelo chinês para poder melhorar a comunicação com os brasileiros. A coincidência com o xará que foi revelado em Cotia e que passou por Chelsea e seleção brasileira antes de desembarcar na China vai muito além do nome.

– O Oscar é muito conhecido, é um meia inteligente e corre muito dentro de campo. Ele utiliza muito a inteligência, está jogando na China agora e está ajudando muito o time. Vou tentar jogar com o mesmo estilo para me aproximar das características dele e ser um bom jogador um dia – disse.

O chinês relembra a infância do outro lado do mundo. Os jogos do São Paulo televisionados no país eram vistos pelo garoto, que sempre teve o sonho de poder jogar futebol no Brasil e um dia ter a chance de ensinar os chineses o que aprendeu no "país do futebol", como ele mesmo rotula. Além de Oscar, Alexandre Pato é outro jogador de quem o chinês se diz fã.

– O São Paulo não é conhecido apenas no Brasil, é no mundo todo. Quando era criança assistia os jogos do time da Libertadores, o tricampeonato brasileiro. Gostava muito de ver o Pato jogar. Não tem como não conhecer o Rogério Ceni, é o goleiro que marcou mais gols na história e é conhecido mundialmente por isso. Foi um craque – conta.

Na contramão do mercado, em que muitos jogadores sonham com as cifras milionários da nova potência do futebol, Oscar diz que o dinheiro está em segundo plano. O grande objetivo é de simplesmente poder ser um jogador reconhecido em seu país e no Brasil.

– Olhando de maneira geral, o futebol chinês precisa melhorar muito para ser considerado um país desenvolvido. A ida dos estrangeiros vai ajudar muito isso. Não estou com idade ainda para poder ganhar muito dinheiro e ser um dos principais jogadores. Estou buscando melhorar meu futebol no Brasil para poder ajudar meu país – analisa.

No compatriota Zizao, que vestiu a camisa do Corinthians entre 2012 e 2013, Oscar tem um exemplo na busca pelo sucesso no Brasil. Apesar de não ter contato e sequer conhecer o atacante, Oscar identifica os erros que podem ter atrapalhado o ex-corintiano na sua tentativa frustrada de jogar no futebol brasileiro.

– O Zizao é um jogador muito conhecido aqui e na China, mas não temos as mesmas características. Ele é um grande exemplo para mim, porque consigo ver as dificuldades que ele teve aqui, como o relacionamento com os jogadores e as diferenças culturais. Acho que isso vai ajudar ainda mais na minha adaptação.

Em 40 jogos pelo Desportivo Brasil, Oscar marcou 11 gols. Antes de jogar oficialmente pelo São Paulo, Oscar foi liberado pela diretoria e embarcou para a China para a disputa de uma espécie de Copa do Mundo local. Ele deve retornar ao Brasil em 40 dias e ficar de vez no CT de Cotia, onde será avaliado até o fim da temporada, tempo do contrato de empréstimo.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - São Paulo