Publicada em 14/03/2017, às 14:53

'Vertical' e amigo de Júnior, Natel vibra com chance dada por Ceni

Atacante do sub-20 fez um treino no profissional e foi chamado pelo Mito para o duelo desta quarta-feira contra o ABC, pela terceira fase da Copa do Brasil

Júnior e Léo Natel são gaúchos e amigos de longa data (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Do dia para a noite, a carreira de Léo Natel emergiu no São Paulo. Melhor jogador da Copa RS, conquistada pelo sub-20 do Tricolor em dezembro de 2016, o atacante agradou a Rogério Ceni após duas atividades no CT da Barra Funda e ganhou chance entre os relacionados para a partida contra o ABC, válida pela terceira fase da Copa do Brasil, às 19h30 desta quarta-feira.

- É uma felicidade enorme. Estou muito feliz de ter sido lembrado pelo Rogério, e sem dúvida é um presente especial. Na base, sempre trabalhamos com o intuito de receber uma oportunidade no elenco principal. Nos esforçamos bastante para chegar até aqui e agarrar esta chance da melhor maneira possível. Quero trabalhar cada vez mais, porque acredito que uma hora a oportunidade de jogar vai surgir - projetou.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Natel participou de jogo-treino do sub-20 contra os reservas na última quinta-feira. Deu muito trabalho para o volante Wellington, improvisado como lateral-direito, e viu Ceni pedir para que completasse o treinamento da última segunda-feira com os profissionais. Além dele, que está emprestado até 30 de junho pelo Benfica (POR), o lateral-esquerdo e volante Tom e o meia Oliveira foram recrutados de Cotia.

- O trabalho desenvolvido no CFA é muito importante, porque temos uma estrutura que permite o crescimento do jogador. A base conta com um grande trabalho de formação e oferece tudo para o atleta, que consegue ter uma preparação de alto nível. Cheguei ao Benfica com 17 anos e aprendi bastante em Portugal, porque esta experiência acrescentou muito neste meu início de trajetória - explicou o jovem que completa 20 anos nesta terça-feira.

Gaúcho de Porto Alegre, Natel pôde reencontrar um amigo de longa data no elenco profissional. O lateral-esquerdo Júnior é um velho conhecido, de cidade e títulos do Paulistão e da Copa do Brasil no sub-20 em 2016. O atacante ainda aproveitou o momento de alegria para se apresentar à torcida.



- Gosto de jogar na ponta esquerda, mas sou bastante vertical e vou para cima do adversário. Procuro entrar na área sempre e como todo atacante gosto de fazer gol (risos). Eu e Júnior nos conhecemos há muito tempo, em Porto Alegre, e foi bacana reencontrá-lo agora no São Paulo. Ele me recebeu bem, assim como os garotos que subiram da base, e só posso agradecer pelo carinho. Estou orgulhoso de poder trabalhar aqui - exaltou.

Fonte: LanceNet
Clique para ver a matéria no site fonte