Publicada em 14/03/2017, às 14:32

Entenda como ex-parceria ajudou o São Paulo a contratar "Oscar chinês"

Tricolor administrava categorias de base do Shandong Luneng no Brasil até 2015. Mesmo com fim de acordo, time do Morumbi mantém bola relação com os chineses

Rafael Betine, da Kirin Soccer, o chinês Oscar e Rodolfo Canavesi, gerente de futebol das categorias de base do São Paulo (Foto: Assessoria de Imprensa/ Desportivo Brasil)

A contratação do chinês "Oscar" pelo São Paulo é fruto de uma ex-parceria entre o clube paulista e o Shandong Luneng. Os dois clubes mantiveram um projeto de intercâmbio nos anos de 2014 e 2015, que tinha como grande objetivo formar novos jogadores para o país asiático. No período, Lucas Evangelista e Marquinhos Cipriani foram adquiridos pelo time do Morumbi.

O Centro de treinamento utilizado pelos clubes fica em Porto Feliz, no interior de São Paulo, e é o primeiro complexo de treinamento fora do país asiático, já que foi adquirido pelo time chinês em 2014 junto à Traffic. Apesar de usar o nome Desportivo Brasil, é o Shandong Luneng que injeta dinheiro no clube, que disputa campeonatos de base e está na Série A3 do Campeonato Paulista com o time profissional. Quem comanda o futebol do time de Porto Feliz é José Carlos Brunoro, ex-CEO do Palmeiras.

Para auxiliar na formação de atletas, o São Paulo era o responsável por orientar e treinar os jovens talentos. O espaço segue recebendo brasileiros e chineses de 13 a 17 anos. Na apresentação da parceria à época, o Tricolor foi representado por Gabriel Aidar, primo do então presidente Carlos Miguel Aidar, e ex-diretor de relações internacionais do clube.

Mesmo sem o apoio do São Paulo, o projeto de revelar atletas em Porto Feliz parece que vem dando certo. Passaram pelo local nomes como Gustavo Scarpa, do Fluminense; Leo Duarte e Matheus Sávio, ambos no Flamengo, além de Lucas Evangelista, que passou pelo São Paulo e defende a Udinese. O último fruto da parceria foi o meia Marquinhos Cipriano, que integra o elenco sub-20 do Tricolor e foi contratado por R$ 1 milhão em 2015.

Leia Mais
- Volante Matheus Jesus, da Ponte Preta, entra na mira do São Paulo
- Betis aceita proposta do São Paulo por Petros, e volante chega segunda
- Meia Jonatan Gómez assina contrato de três temporadas com o São Paulo
- Acorda, Cueva! Mais um concorrente chega para fazer sombra ao peruano
- Leia mais notícias sobre São Paulo em www.futnet.com.br/saopaulo

O atual gerente de futebol das categorias de base do São Paulo, Rodolfo Canavesi, trabalhou no mesmo departamento como executivo no Desportivo Brasil, filial brasileira do Shandong Luneng. Apesar do fim da parceria, os dois clubes mantém boa relação por conta de Canavesi. Foi através dele que o São Paulo chegou até Zhang Yuanshu, o Oscar.

O Luneng Brazil Sports Center ocupa uma área total de 160 mil metros quadrados. O complexo tem cinco campos padronizados para treinamento e outros dois específicos para futsal. As instalações têm cerca de 4 mil metros quadrados e capacidade para acomodar 190 pessoas. O espaço conta com apartamentos para os jogadores, restaurante, academia de ginástica, sala de fisioterapia, piscina, área de recreação, lavanderia e sala de reuniões. Recomendado pela Fifa, o centro de treinamento foi escolhido como sede da seleção de Honduras, que disputou a Copa do Mundo.

Fundado em 1993, o Shandong Luneng é um dos mais tradicionais e principais vencedores times da Super Liga Chinesa de Futebol. Atualmente, a equipe tem em seu elenco os brasileiros Gil, ex-Corinthians, e Diego Tardelli, ex-São Paulo e Atlético-MG. O treinador responsável pelas categorias de base do Luneng na China é Sérgio Baresi, ex-São Paulo.

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - São Paulo