Publicada em 14/03/2017, às 23:14

Corinthians decide inscrever garoto Pedrinho e espera aval da FPF

Meia-atacante de 18 anos ficará com a vaga do zagueiro Vilson, lesionado, assim que a entidade autorizar a mudança na lista dos 28 do Campeonato Paulista

Pedrinho tem 18 anos: escolhido por Carille para o Paulista (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Enquanto aguarda por uma resposta da Federação Paulista de Futebol, o técnico Fábio Carille escolheu o meia-atacante Pedrinho para ocupar o lugar do zagueiro Vilson na lista dos 28 inscritos no Paulistão. A entidade precisa dar o aval para que a substituição seja realizada pelo clube – veja no vídeo acima o jogador, de colete azul, fazendo malabarismo com a bola no treino desta terça-feira.

– Só estamos esperando a Federação analisar o laudo do Vilson. Acontecendo isso, é o Pedrinho que fica com a vaga – afirmou o treinador, em entrevista ao Esporte Interativo.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



A troca na lista de inscritos por lesão está prevista no regulamento do Paulistão, mas exige um laudo médico que comprove que a lesão afaste o atleta do restante da competição, que tem final prevista para 7 de maio. O documento, formulado pelo departamento médico do Corinthians, foi enviado para a FPF na segunda-feira. Ainda não há prazo para uma resposta da entidade.

Reserva do Corinthians nesta temporada, Vilson foi submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo no início da semana e só deve retornar aos treinos com o grupo em três meses. Por isso, o Timão tenta a alteração na lista para ter um jogador em plenas condições para atuar.

Pedrinho, de 18 anos, é considerado uma das grandes promessas das categorias de base do Corinthians. O jogador brilhou na campanha do título da Copa São Paulo em janeiro e foi promovido ao elenco profissional. Ele tem recebido muitos elogios de Carille pelo desempenho nos treinos e deve ganhar uma chance em breve.





– Acompanhei muito o Pedrinho no sub-17 do Corinthians jogando por dentro, como meia. Neste último ano, jogando aberto pela direita. É um meia de muita qualidade, com lance pessoal, fazedor de gols, não se intimidou, e o grupo abraçou. Junto com os outros, tendo oportunidade, vou colocar para jogar sem problema nenhum – acrescentou o técnico.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Corinthians