Publicada em 13/03/2017, às 19:28

Robert admite "sentimento estranho" em encontro com o Flu: "Diferente"

Meia emprestado ao Boavista teve a primeira chance como titular neste domingo diante do clube onde é vinculado até o final de 2019: "Devo tudo ao Fluminense"

Robert estreou pelo Boavista logo contra o Fluminense (Foto: Divulgação / Boavista SC)

Na derrota do Boavista por 2 a 0 para o Fluminense na noite deste domingo, o meia Robert teve a oportunidade de encontrar pela primeira vez o clube onde foi formado e ganhou o status de joia. Emprestado ao Verdão de Bacaxá até o final do Campeonato Carioca, o jogador fez sua estreia como titular no time comandado por Joel Santana e admitiu o misto de sentimentos durante o confronto.

- Foi meio estranho. Eu nunca tinha jogado contra o Fluminense. Foi difícil enfrentar o clube que me criou, devo tudo ao Flu. Passei vários anos da minha vida ali, tenho ótimas recordações. Tive uma sensação diferente - disse o meia.

Robert surgiu como um dos melhores jogadores de sua geração no Brasil. Foi campeão sul-americano com a seleção sub-15, disputou o Sul-Americano sub-17 e assinou, em 2012, seu primeiro contrato profissional com o Fluminense, com uma multa rescisória de R$ 190 milhões - o vínculo atual vai até o fim de 2019. Pelo Flu, tem 11 jogos no time principal e dois gols marcados, sobre Bangu, no Carioca, e Santos, no Brasileiro, ambos em 2015.

Sobre a estreia pelo Boavista, o jogador agradeceu a oportunidade que recebeu do clube de Saquarema e disse que espera compensar dentro de campo. Ele, inclusive, descartou pensar no retorno ao Fluminense pelo menos por enquanto.

Leia Mais
- Grato à torcida e Abel, Calazans não vê cobrança menor sobre os jovens
- Buscando mais espaço no Flu, Renato e L. Fernandes reencontram o Avaí
- Tentando arrumar a defesa, Flu enfrenta o pior ataque do Brasileirão
- Inspiradas na Máquina, novas camisas do Flu são aprovadas no conselho
- Leia mais notícias sobre Fluminense em www.futnet.com.br/fluminense

- Eu vim para o Boavista para pegar ritmo, eu estava há muito tempo sem ter uma sequência de jogos. O clube abriu as portas para mim e eu sou muito agradecido a todos daqui, espero que eu possa dar alegrias ao time. Sobre a minha volta ao Flu, são outros quinhentos. Antes de voltar, quero vencer com o Boavista - finalizou.

Com nenhum ponto conquistado, o Boavista volta a jogar pela Taça Rio no sábado, às 15h30, quando enfrentará o Bangu, em Moça Bonita. Antes do compromisso pelo estadual, o clube encara o Sport pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. A partida será realizada nesta quarta-feira às 21h45, na Ilha do Retiro. Na ida, o Verdão de Bacaxá foi derrotado pelo placar de 3 a 0.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Fluminense