Publicada em 13/03/2017, às 22:31

Com boa atuação, Atlético-MG goleia o Tupi e retoma a liderança no Mineiro

Galo passa por cima do time de Juiz de Fora com gols de Marcel, contra, Robinho, Gabriel e Elias e conquista a centésima vitória na Arena Independência

Jogadores do Galo comemoram um dos gols na goleada sobre o Tupi (Foto: Futura Press)

O Atlético-MG fez a segunda ter futebol de primeira. Ou melhor, de centésima. A goleada por 4 a 0 sobre o Tupi, no Independência, no encerramento da sétima rodada, foi a de número 100 do time no estádio, desde a reinauguração em 2012. Os gols foram marcados por Marcel (contra), Robinho, Gabriel e Cazares.

O time ultrapassou a barreira dos 300 gols no Independência e, de quebra, retomou a liderança do Campeonato Mineiro, perdida provisoriamente com a vitória do rival Cruzeiro sobre o América-MG, no domingo, no Horto. Os quatro gols confirmaram a boa atuação do time de Roger Machado, no que pese a fragilidade do Tupi. O time de Juiz de Fora terá trabalho para brigar contra o rebaixamento.

Na próxima rodada, o Atlético-MG encara o Tricordiano, em Divinópolis, no estádio Farião, às 16h (de Brasília), no sábado, enquanto o Tupi recebe o Democrata GV, às 17h , no Municipal, em Juiz de Fora.

Leia Mais
- Em busca de reabilitação, Galo recebe a Ponte Preta na matinê de domingo
- Volante prega atenção para Atlético não repetir erros contra a Ponte
- Ainda sem poder contar com Valdívia, Roger elogia novo reforço do Atlético
- Com os jogadores reservas, Valdívia faz primeiro treino no Atlético-MG
- Leia mais notícias sobre Atlético-MG em www.futnet.com.br/atletico

O jogo

O primeiro tempo, assim como o jogo todo, foi de um time só. O Atlético-MG, por jogar em casa, por ter mais qualidade e por querer retomar a liderança do Campeonato Mineiro, tomou a iniciativa. E surtiu efeito no início da partida, já que obrigou Marcel a mandar contra o patrimônio ao tentar tirar uma bola da área.

Com a abertura no placar, o Galo jogou solto. Cazares, que ganhou a posição de Danilo na partida, e Robinho ditaram o ritmo. A movimentação foi um dos pontos positivos, que fizeram com que o Atlético-MG chegasse ao segundo gol com Robinho.

No segundo tempo, Gabriel entrou para a história do Independência ao marcar o gol de número 300 do Galo no novo estádio, desde a reinauguração, em maio de 2012. E Elias, com uma bomba de fora da área, marcou seu primeiro gol com a camisa do Atlético-MG e deu números finais ao jogo, sacramentando a 100ª vitória do time do alçapão do Horto.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Atlético-MG