Publicada em 12/03/2017, às 20:40

Fabuloso aprova estreia, promete melhora e crê em evolução do time

Atacante participa do segundo gol do Vasco e quase deixa sua marca no empate em 2 a 2 com o Macaé. Ele pede paciência ao torcedor e confia que vitórias vão aparecer

(Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

O atacante Luis Fabiano fez sua esperada estreia pelo Vasco no empate em 2 a 2 contra o Macaé, neste domingo. O Fabuloso não fez gol, mas deixou uma boa impressão. Ele participou do gol de Rodrigo, deu lançamento, fez tabelas e quase balançou a rede. Por tudo isso, o camisa 9 aprovou seu primeiro jogo pelo Cruz-Maltino e prometeu que vai melhor com o tempo.

- Torcedor espera gol do camisa 9, isso é normal, até pela expectativa que foi gerada. Mas no geral eu ajudei, criei, quase fiz um gol, mas o goleiro deu a vida na defesa (risos). Mas eu acho que, em termos gerais, está bom. Vai melhorar - disse o atacante.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



O Fabuloso ficou em campo durante todo o jogo, o que não era previsto. Luis Fabiano contou que optou por fazer o sacrifício de ficar em campo para ajudar a equipe, que estava perdendo.

- Pelo andar do jogo era necessário ficar em campo, a gente estava perdendo. Eu conversei com o Cristovão durante o jogo e ele me perguntou se aguentaria e disse que sim. Às vezes você tem que fazer um sacrifício. As condições não são as melhores, venho de muito tempo sem jogar, mas às vezes temos que fazer um sacrifício. Foi até bom porque eu preciso de ritmo de jogo e só vou adquirir o ritmo jogando - admitindo que sentiu cansaço durante o jogo.

- Teve uma hora que falta um pouco de força, o cansaço bateu. Também não sou nenhum garoto, mas eu acho que no geral saio satisfeito, porque depois de ter ficado muitos meses sem jogar, eu tive novamente a sensação de jogar uma partida. Uma partida difícil, muito quente. Na China a temperatura era menos cinco. Eu cheguei a pegar menos doze. De repente eu pego quarenta - completou.

Luis Fabiano acredita também que a equipe vai evoluir no decorrer da temporada. O atacante saiu em defesa do técnico Cristovão Borges e pediu paciência ao torcedor.

- A gente entende que o torcedor esteja chateado. A culpa não é só do treinador, todos nós somos culpados. Eu peço um pouco de paciência ao torcedor, poque as vitórias vão acontecer - afirmou.

Fonte: LanceNet
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Zé Ricardo analisa: 'Talvez o jogo que mais tivemos erros individuais'
- Irreconhecível, Vasco perde para o Atlético-PR e invencibilidade cai
- Invicto há 11 jogos, Vasco visita o Furacão para aproveitar embalo fora do Rio por vaga na Libertadores
- Vasco tenta encerrar jejum de dez anos contra o Atlético-PR
- Leia mais notícias sobre Vasco da Gama em www.futnet.com.br/vasco

Mais sobre - Vasco da Gama