Publicada em 11/03/2017, às 09:44

Ricardo Oliveira vê jogo no Peru como divisor de águas e projeta melhora

Após arrancar empate em Lima, na estreia da Taça Libertadores, Peixe tenta voltar a vencer para tentar consolidar reação. Time venceu só um dos últimos seis jogos

Ricardo Oliveira gostou da postura do Peixe em Lima, no Peru (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

A apresentação do Santos no empate com o Sporting Cristal, na última quinta-feira, em Lima (Peru), pela Taça Libertadores, animou Ricardo Oliveira. O atacante acredita que a reação da equipe no segundo tempo e a retomada de parte do bom futebol pode ser um divisor de águas para o Peixe, que tem uma vitória nos últimos seis jogos. A próxima oportunidade que tem para tentar provar que está mesmo recuperado é neste domingo, contra o São Bernardo, no ABC, pelo Paulistão.

A forma como o gol santista em Lima foi construído mostrou, segundo Ricardo, que o time não desaprendeu. Posse de bola, toques, aproximação, infiltrações e o lançamento de Lucas Lima para a chegada de Thiago Maia, volante, na área adversária.

– Discutimos no vestiário (no intervalo) e voltamos com outra maneira, valorizando a bola, pressionando, e foi assim que chegamos ao nosso gol, em uma jogada trabalhada. Esse é o nosso jogo. Espero que seja divisor de águas. Mostramos cara diferente no segundo tempo – disse Ricardo Oliveira ao GloboEsporte.com.

Um dos mais velhos do time, o centroavante de 36 anos discorda que o elenco jovem do Santos não seja capaz de suportar a pressão da competição continental. Ele entende, no entanto, a exigência dos torcedores por bons resultados.

Leia Mais
- Sem Thiago Maia, Levir relaciona 23 santistas para encarar Flamengo
- Saída de Dorival causa mudanças na base e no time B do Santos; entenda
- Com cinco derrotas, Santos tem o pior semestre na Vila Belmiro desde 1923
- Braz aposta em boa fase como visitante do Santos para duelo com Flamengo
- Leia mais notícias sobre Santos em www.futnet.com.br/santos

– Esses jovens, a maioria tem mais de 100 jogos com a camisa do Santos, já sofreram pressão em passado recente, quando Dorival chegou. Torcida do Santos é assim. Torcedor é paixão, quer ver time ganhar e jogar bem, é exigente. Sabemos o peso da camisa e nos cobramos bastante. Sabemos da qualidade desse time – completou o capitão santista.

Antes de voltar a entrar em campo pela Libertadores, somente na próxima quinta-feira, contra o The Strongest, Ricardo Oliveira deve ser titular neste domingo, pelo Campeonato Paulista. O Peixe visita o São Bernardo, às 18h30 (de Brasília), no Estádio Primeiro de Maio, no ABC, pela oitava rodada.

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Santos