Publicada em 11/03/2017, às 09:28

Mesmo reserva, Ábila tem média de um gol a cada 55 minutos em 2017

Nesta temporada, o atacante argentino já balançou sete vezes as redes

Ramón Ábila tem média de um gol a cada 55,43 minutos em campo pelo Cruzeiro (Foto: Washington Alves/Light Press)

O técnico Mano Menezes tem se mostrado satisfeito com o atual elenco do Cruzeiro. Para o comandante, todos os jogadores estão em condições de serem titulares do clube. Prova disso é Ramón Ábila. Atualmente na reserva, o atacante argentino não deixa o faro de gol de lado e tem se mostrado cada vez mais artilheiro. Nesta temporada, ele já balançou as redes sete vezes durante 388 minutos em campo (média de um tento a cada 55,43 minutos).

Em 2017, o Cruzeiro fez 11 jogos oficiais e um amistoso, sendo 11 vitórias e apenas um empate. Dessas partidas, Ábila foi titular em três, entrou no segundo tempo em cinco e não foi utilizado em quatro. O camisa 9 marcou diante do Brasília (1x), do Tricordiano (2x), da Chapecoense (2x), da URT (1x) e do Murici (1x). Vale ressaltar que o argentino balançou as redes em todos os confrontos em que começou no time principal.

Ábila x Sobis

Em boa parte de 2016, mais precisamente em 18 jogos, Ábila e Rafael Sobis foram escalados juntos pelo técnico Mano Menezes. O argentino atuava mais à frente, centralizado, enquanto Sobis ajudava na armação e na recomposição da equipe. No último jogo do ano, porém, o treinador resolveu mudar e colocou o camisa 7 como “falso 9”. Mano gostou e, desde então, tem adotado tal formação.

Leia Mais
- Fábio critica "haters" e fala sobre sondagem de rival: "Se fosse por dinheiro, já tinha saído"
- No Instagram, Fábio pede 'menos ódio' aos críticos
- Em jogo de reviravoltas, Cruzeiro busca empate no Mineirão e impede Grêmio de ser líder
- Fifa intima Cruzeiro a pagar dívida por Ábila, mas time promete recurso
- Leia mais notícias sobre Cruzeiro em www.futnet.com.br/cruzeiro

Nas vezes em que Ábila começou jogando, em 2017, foram quando Mano Menezes colocou em campo uma equipe considerada mista. Para o treinador, todos do grupo são importantes e estão tendo oportunidades - 83% dos jogadores de linha já foram utilizados nesta temporada.

- Você defende uma teoria, mas tem que ser fiel à ela na hora dos fatos, para que os jogadores vejam que não é da boca para fora do treinador, que todos são importantes. Estão sentindo que é justo, todos muito bem no ambiente que estamos construindo, e isso é importante para um grupo que quer vencer - afirmou Mano Menezes.

Se marcar, não sai derrotado

Ábila foi contratado pelo Cruzeiro ao Huracán, da Argentina, em junho de 2016. De lá para cá, ele disputou 36 jogos e fez 19 gols com a camisa celeste. Um fato curioso é que, sempre que o argentino balançou as redes, a Raposa não sai derrotada. Os gols foram distribuídos em 14 partidas: 11 vitórias e três empates.

Ramón Ábila em 2017 (os minutos em campo também contam com os acréscimos)

- Cruzeiro x Brasília (amistoso)
Condição: entrou aos 15 minutos do segundo tempo
Minutos em campo: 30
Gols: 1

- Villa Nova 1 x 2 Cruzeiro (primeira rodada do Campeonato Mineiro)
Condição: entrou aos 18 minutos do segundo tempo
Minutos em campo: 31
Gols: 0

- Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG (primeira rodada da Primeira Liga)
Condição: entrou aos 28 minutos do segundo tempo
Minutos em campo: 21
Gols: 0

- Cruzeiro 2 x 1 Tricordiano (segunda rodada do Campeonato Mineiro)
Condição: titular
Minutos em campo: 94
Gols: 2

- Cruzeiro 2 x 0 Chapecoense (segunda rodada da Primeira Liga)
Condição: titular
Minutos em campo: 97
Gols: 2

- URT 1 x 1 Cruzeiro (quarta rodada do Campeonato Mineiro)
Condição: titular
Minutos em campo: 93
Gols: 1

- América TO 0 x 1 Cruzeiro (sexta rodada do Campeonato Mineiro)
Condição: entrou aos 37 minutos do segundo tempo
Minutos em campo: 12
Gols: 0

- Murici 0 x 2 Cruzeiro (terceira fase da Copa do Brasil)
Condição: entrou aos 39 minutos do segundo tempo
Minutos em campo: 10
Gols: 1

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Cruzeiro