Publicada em 11/03/2017, às 09:28

Mesmo reserva, Ábila tem média de um gol a cada 55 minutos em 2017

Nesta temporada, o atacante argentino já balançou sete vezes as redes

Ramón Ábila tem média de um gol a cada 55,43 minutos em campo pelo Cruzeiro (Foto: Washington Alves/Light Press)

O técnico Mano Menezes tem se mostrado satisfeito com o atual elenco do Cruzeiro. Para o comandante, todos os jogadores estão em condições de serem titulares do clube. Prova disso é Ramón Ábila. Atualmente na reserva, o atacante argentino não deixa o faro de gol de lado e tem se mostrado cada vez mais artilheiro. Nesta temporada, ele já balançou as redes sete vezes durante 388 minutos em campo (média de um tento a cada 55,43 minutos).

Em 2017, o Cruzeiro fez 11 jogos oficiais e um amistoso, sendo 11 vitórias e apenas um empate. Dessas partidas, Ábila foi titular em três, entrou no segundo tempo em cinco e não foi utilizado em quatro. O camisa 9 marcou diante do Brasília (1x), do Tricordiano (2x), da Chapecoense (2x), da URT (1x) e do Murici (1x). Vale ressaltar que o argentino balançou as redes em todos os confrontos em que começou no time principal.

Ábila x Sobis

Leia Mais
- Vice-artilheiro no ano, Ábila quer ajudar Raposa a melhorar finalização
- Invencibilidade 15 jogos não ilude Mano na primeira fase do Mineiro
- Mano minimiza baixo rendimento do ataque e contusões no Cruzeiro
- Com Ramón Ábila no ataque, Cruzeiro está pronto para encarar o Uberlândia
- Leia mais notícias sobre Cruzeiro em www.futnet.com.br/cruzeiro

Em boa parte de 2016, mais precisamente em 18 jogos, Ábila e Rafael Sobis foram escalados juntos pelo técnico Mano Menezes. O argentino atuava mais à frente, centralizado, enquanto Sobis ajudava na armação e na recomposição da equipe. No último jogo do ano, porém, o treinador resolveu mudar e colocou o camisa 7 como “falso 9”. Mano gostou e, desde então, tem adotado tal formação.

Nas vezes em que Ábila começou jogando, em 2017, foram quando Mano Menezes colocou em campo uma equipe considerada mista. Para o treinador, todos do grupo são importantes e estão tendo oportunidades - 83% dos jogadores de linha já foram utilizados nesta temporada.

- Você defende uma teoria, mas tem que ser fiel à ela na hora dos fatos, para que os jogadores vejam que não é da boca para fora do treinador, que todos são importantes. Estão sentindo que é justo, todos muito bem no ambiente que estamos construindo, e isso é importante para um grupo que quer vencer - afirmou Mano Menezes.

Se marcar, não sai derrotado

Ábila foi contratado pelo Cruzeiro ao Huracán, da Argentina, em junho de 2016. De lá para cá, ele disputou 36 jogos e fez 19 gols com a camisa celeste. Um fato curioso é que, sempre que o argentino balançou as redes, a Raposa não sai derrotada. Os gols foram distribuídos em 14 partidas: 11 vitórias e três empates.

Ramón Ábila em 2017 (os minutos em campo também contam com os acréscimos)

- Cruzeiro x Brasília (amistoso)
Condição: entrou aos 15 minutos do segundo tempo
Minutos em campo: 30
Gols: 1

- Villa Nova 1 x 2 Cruzeiro (primeira rodada do Campeonato Mineiro)
Condição: entrou aos 18 minutos do segundo tempo
Minutos em campo: 31
Gols: 0

- Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG (primeira rodada da Primeira Liga)
Condição: entrou aos 28 minutos do segundo tempo
Minutos em campo: 21
Gols: 0

- Cruzeiro 2 x 1 Tricordiano (segunda rodada do Campeonato Mineiro)
Condição: titular
Minutos em campo: 94
Gols: 2

- Cruzeiro 2 x 0 Chapecoense (segunda rodada da Primeira Liga)
Condição: titular
Minutos em campo: 97
Gols: 2

- URT 1 x 1 Cruzeiro (quarta rodada do Campeonato Mineiro)
Condição: titular
Minutos em campo: 93
Gols: 1

- América TO 0 x 1 Cruzeiro (sexta rodada do Campeonato Mineiro)
Condição: entrou aos 37 minutos do segundo tempo
Minutos em campo: 12
Gols: 0

- Murici 0 x 2 Cruzeiro (terceira fase da Copa do Brasil)
Condição: entrou aos 39 minutos do segundo tempo
Minutos em campo: 10
Gols: 1

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Cruzeiro