Publicada em 11/03/2017, às 09:42

Eurico mantém confiança em Cristóvão; jogo de volta é decisivo

Presidente dá respaldo ao trabalho do treinador, apesar de críticas internas e da torcida. Eventual eliminação na Copa do Brasil, porém, pode mudar panorama

Cristóvão e Eurico: presidente mantém confiança no trabalho do treinador (Foto: Paulo Fernandes / Vasco)

As críticas da torcida a Cristóvão Borges não afetaram a confiança de Eurico Miranda no técnico. O presidente do Vasco mantém o respaldo ao treinador, apesar de também ouvir protestos internamente em São Januário, e, na situação atual, não pensa em promover mudança no comando da equipe.

A partida de volta contra o Vitória, porém, pela Copa do Brasil, na próxima quinta-feira, será decisiva para o futuro do técnico. Uma eventual eliminação na competição aumentaria a pressão. Pessoas próximas à diretoria acreditam que Eurico, neste caso, poderia repensar os rumos do futebol.

O principal argumento pela manutenção de Cristóvão é a necessidade de dar tempo para o treinador desenvolver seu trabalho. Desde janeiro no comando do time, o técnico ainda não conta com todos os jogadores à disposição. De todos os reforços, apenas Escudero fez pré-temporada com o elenco, por exemplo.

Leia Mais
- Vasco finaliza preparação para o clássico contra o Flamengo
- Elogiado por Milton, Jordi mostra confiança para 1º clássico contra o Fla
- Milton não espera facilidade no clássico: 'Encaramos como uma final'
- Novo capítulo: Eurico rebate Juninho Pernambucano em nota oficial
- Leia mais notícias sobre Vasco da Gama em www.futnet.com.br/vasco

Por outro lado, críticos de Cristóvão apontam que o treinador ainda não conseguiu dar organização ao time. A inconsistência do Vasco fica à prova principalmente em partidas contra adversários de Série A: perdeu os clássicos para Flamengo e Fluminense e empatou em casa com o Vitória.

Em meio a esta pressão, nomes começam a ser cogitados em São Januário. Um deles é o de Vanderlei Luxemburgo, que enfrenta grande resistência do próprio Eurico Miranda. Rogério Micale agrada à cúpula, mas também não é unanimidade internamente.

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Vasco da Gama