Publicada em 10/03/2017, às 21:21

Judivan tem nova lesão no joelho direito e ficará mais dois meses parado

Jogador se queixa de dores, é avaliado pelo departamento médico e continuará sem atuar com a camisa do Cruzeiro

Judivan, atacante do Cruzeiro, ficará dois meses parado (Foto: Cristiane Mattos/Light Press)

Mais uma lesão na carreira do jovem atacante Judivan. Nesta sexta-feira, o Cruzeiro divulgou que o atacante fraturou a patela do joelho direito. Segundo a assessoria de comunicação do clube, o jogador estava reclamando de dores no local e, por conta disso, precisou passar por exames, que constataram a contusão. O tempo de recuperação, segundo o clube, é de seis meses.

- O Judivan se queixou de uma dor mais importante no joelho direito nesta sexta-feira, relativa ao treino realizado na quinta. Optamos por realizar um exame de imagem e foi feita uma ressonância magnética que mostrou uma fratura da patela do joelho direito, que tem indicação de tratamento cirúrgico e demora dois meses para se consolidar. A cirurgia e os demais procedimentos ainda serão programados para serem realizados - explicou Sérgio Freire Júnior, médico do clube.

Judivan estava em estágio de preparação física e vinha se recuperando há meses de uma grave lesão sofrida no joelho esquerdo, durante uma partida da Seleção Brasileira no Campeonato Mundial Sub-20, em junho de 2015, na Nova Zelândia

Leia Mais
- Vice-artilheiro no ano, Ábila quer ajudar Raposa a melhorar finalização
- Invencibilidade 15 jogos não ilude Mano na primeira fase do Mineiro
- Mano minimiza baixo rendimento do ataque e contusões no Cruzeiro
- Com Ramón Ábila no ataque, Cruzeiro está pronto para encarar o Uberlândia
- Leia mais notícias sobre Cruzeiro em www.futnet.com.br/cruzeiro

2015: o início

Todas as lesões começaram numa partida pela seleção brasileira sub-20. Em junho de 2015, no auge da sua até então, curta carreira, Judivan, com apenas 19 anos e titular do Brasil, sofreu uma forte entrada do zagueiro Maurício Lemos, do Uruguai, em jogo válido pela Copa do Mundo da categoria, disputada na Nova Zelândia. Após o lance, o atacante saiu de maca, sentindo fortes dores. Em BH, foi constatada a primeira lesão: rompimento do ligamento do joelho esquerdo.

Em outubro de 2015, Judivan precisou passar por uma artroscopia no joelho esquerdo, para a liberação da articulação e ganho de movimento. Em novembro, uma nova artroscopia no local da lesão. Isso porque foi constatado um processo inflamatório excessivo, que estava atrapalhando a progressão do jogador.

Já na temporada passada, em julho, por conta da não evolução no tratamento, Judivan precisou passar por mais um procedimento cirúrgico. Em outubro, com uma infecção, mais uma operação foi realizada, e o período de recuperação estendido a 12 meses.

Apesar do longo prazo, Judivan se recuperou mais cedo do que o esperado e foi liberado pelo departamento médico no dia 24 de janeiro deste ano. Desde então, o jogador vinha fazendo trabalhos específicos com os preparadores físicos.

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Cruzeiro