Publicada em 09/03/2017, às 23:17

Renato elogia estreia do Grêmio com vitória fora: "Como time grande"

Técnico admite "cochilos" no primeiro tempo, mas ressalta três pontos na Venezuela

Renato Postaluppi comanda o Grêmio contra o Zamora (Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)

A atuação não foi aquela de saltar aos olhos, mas o Grêmio fez o suficiente para vencer o Zamora na Venezuela e estrear na Libertadores 2017 com vitória. Léo Moura e Luan fizeram os gols do triunfo por 2 a 0 no Estádio Agustín Tovar, o que satisfaz toda a delegação tricolor devido ao planejamento de voo fretado e foco total na competição. Segundo o treinador Renato Gaúcho, "o mais importante" foram os três pontos fora de casa, apesar dos defeitos evidentes.

Na entrevista coletiva após o duelo pelo Grupo 8, Portaluppi ressaltou a necessidade de o Grêmio não sofrer gols no início, pois o intento de vencer poderia ficar estremecido. Ele admitiu "cochilos" da equipe, principalmente no primeiro tempo, quando o adversário criou pelo menos três chances de abrir o placar em 10 minutos.

– Tivemos bons e maus momentos, a viagem foi longa, tudo é difícil, mas a direção conseguiu fretar um voo para a gente e facilitar as coisas. O mais importante é voltar da estreia da Libertadores com vitória fora de casa. Mais gostei do que desgostei, vacilamos em alguns momentos. Nos cochilos que tivemos, o adversário se aproveitou. Aconteceu no Gre-Nal também. Foi um descuido nosso. Se saíssemos atrás no placar, ficaria muito mais difícil – comentou o comandante tricolor.

Leia Mais
- Bolaños marca, Grêmio goleia e garante vaga nas quartas de final
- Renato inclui Grohe e Miller Bolaños na concentração para encarar o Ju
- Grêmio cogita volta antecipada de Bolaños após 3º amarelo pelo Equador
- Bolaños retorna ao Grêmio e pode ser usado por Renato neste sábado
- Leia mais notícias sobre Grêmio em www.futnet.com.br/gremio

Além de Walace, vendido ao Hamburgo, o Tricolor enfrentou o Zamora com cinco desfalques em relação ao time titular campeão da Copa do Brasil no fim de 2016. Apesar de elogiar o rendimento de Léo Moura, autor de um dos gols, e Ramiro, Renato preferiu exaltar a confiança no grupo. Os volantes Michel e Jailson estiveram abaixo nesta noite, porém, será algo tratado internamente.

– Aonde vai, o Grêmio joga para buscar a vitória. Viemos do Gre-Nal com um problema de alguns jogadores que não puderam viajar com a gente. Sempre falo que confio no meu grupo. São coisas que acontecem, de lesões. Mais uma vez eles provaram que temos grupo e podem dar conta do recado. Sair com uma vitória fora de casa, com dois gols, é muito importante. A equipe soube se portar como time grande – acrescentou.

Líder da chave pelo saldo de gols, o Grêmio só volta a campo pela Libertadores em abril, no dia 11, quando recebe o Deportes Iquique, do Chile, às 21h45, na Arena. Bem antes, o Tricolor foca no Gauchão. A equipe enfrenta o Brasil de Pelotas às 21h45 da próxima quarta-feira, no Bento Freitas, pela 7ª rodada do Estadual.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Grêmio