Publicada em 08/03/2017, às 21:01

Único sem chance, Gorne espera: 'Sigo trabalhando e me dedicando'

Dentre os jogadores de linha, atacante foi o único a não ter recebido oportunidade ainda nesta temporada. Avisado por Jair Ventura, ele segue no fim da fila, mas aguardando

Na maioria das vezes os treinos do Renan Gorne são específicos, sem os titulares (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

A opção por alternar titulares e reservas no Campeonato Carioca faz com que todos os jogadores de linha já tenham tido chance de atuar pelo menos alguns minutos. Todos menos Renan Gorne. O atacante, badalado após temporada artilheira no ano passado, pelo time sub-20, está no fim da fila, mas já foi avisado para ter paciência porque a chance chegaria. Então ele espera.

- O Jair (Ventura) trata todos jogadores da mesma maneira e é justo nas decisões que toma. Sigo trabalhando e me dedicando para, quando precisar, eu estar preparado - afirmou ao LANCE!.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Na disputa pela vaga de centroavante, estão na frente de Gorne: Roger, o também experiente Canales, que será inscrito na fase de grupos da Copa Libertadores, Sassá e Vinícius Tanque. O último é o mais novo dentre os quatro, mesmo assim está na segunda temporada como profissional, o que já lhe dá vantagem sobre o recém-incorporado jogador.

- Os treinamentos têm sido muito bons. É uma carga maior de trabalho. E, com o tempo que estou aqui desde minha subida (setembro), consegui me adaptar bem - entende Renan Gorne, que também não deve ser relacionado para o duelo desta quinta-feira, contra o Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca.

Outro que ainda não teve chance foi Saulo. Mas como é goleiro, a expectativa de jogar é menor. Também cria das categorias de base alvinegras, não será surpresa se também ele vier a receber chance no Estadual.



Fonte: Lance!
Clique para ver a matéria no site fonte