Publicada em 08/03/2017, às 10:56

São Paulo 'estreia' na Copa do Brasil para manter artilharia no Morumbi

Equipe recebe o ABC-RN nesta quarta-feira, em primeira partida no estádio na competição. Em casa, time de Rogério Ceni marcou 14 gols em quatro partidas, mais de três por jogo

Rogério Ceni passa instruções em duelo contra a Ponte Preta, a maior goleada: 5 a 2 Maurício Rummens/Fotoarena

O São Paulo recebe nesta quarta-feira, às 19h30, o ABC-RN, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Depois de bater Moto Club-MA e PSTC-PR fora de casa, será a primeira partida do time no Morumbi nesta edição da competição nacional. E a expectativa do Tricolor é manter o ritmo imposto nos jogos em casa este ano.

Em quatro partidas disputadas no Morumbi em 2017, o São Paulo avassalador de Rogério Ceni marcou 14 gols, mais de três por partida. Isso se converteu em três vitórias e um empate. É um ataque poderoso, que terá o retorno do argentino Lucas Pratto, autor de três gols em dois jogos no estádio tricolor.

O São Paulo seguirá com a filosofia de jogar para a frente, pois assim é o estilo adotado por Ceni e, na visão de todos, tem dado certo. Mas o time também espera sofrer menos. Até porque sofreu sete gols nos quatro jogos, quase dois por partida.

No Morumbi este ano, o Tricolor bateu a Ponte Preta de virada por 5 a 2, empatou com o Mirassol em 2 a 2, sofrendo gol no fim, venceu o São Bento de virada por 3 a 2 e bateu o Santo André no último domingo por 4 a 1. Todos jogos pelo Campeonato Paulista, sendo a estreia na Copa do Brasil contra a equipe do Rio Grande do Norte. Para o uruguaio Diego Lugano, um dos líderes do elenco, é agora que tudo começa.

Leia Mais
- Arboleda assina com São Paulo até 2020; Petros é esperado na terça
- São Paulo renova contrato de Júnior Tavares até o final de 2021
- Representante de Centurión marca reunião com Boca para definir futuro
- Lugano aceita proposta do São Paulo e renova acordo até o fim do ano
- Leia mais notícias sobre São Paulo em www.futnet.com.br/saopaulo

- Quarta-feira talvez comece seriamente essa escalada. Tomara que a torcida compareça, nos dê apoio, dite o ritmo do jogo. Porque ano passado, cedemos para o Juventude, uma noite fria, com pouca torcida. E a defesa tem de se comportar como se comporta em Libertadores, com muita confiança em cada bola. Às vezes, essa mentalidade pode ser mais forte do que o excesso de confiança. Meus companheiros não concordam muito. Mas pode ficar mais feia, mas em um campeonato longo, pode ser melhor - afirmou o oruguaio.

O Tricolor nunca venceu a competição. O jogo de volta será na próxima quarta-feira, em Natal. Vencer é fundamental para ter tranquilidade. Marcar muitos gols, ainda melhor. E não sofrer é a perfeição que o time de Ceni busca.

Fonte: Lancenet
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - São Paulo