Publicada em 08/03/2017, às 15:50

Marcelo Grohe elogia Thyere, provável substituto de Geromel: "Seguro"

Assim com direção, grupo de jogadores minimiza perda do zagueiro por lesão e confia em boa estreia na Libertadores diante do Zamora nesta quinta-feira

Marcelo Grohe falou com a imprensa antes do treinamento (Foto: Eduardo Moura/GloboEsporte.com)

O discurso de minimizar a ausência de Pedro Geromel na defesa do Grêmio saiu da diretoria e passou para o grupo de jogadores a partir da primeira manifestação do elenco após a lesão do defensor. O goleiro Marcelo Grohe, uma das lideranças do time, adotou tom otimista ao falar da provável entrada de Rafael Thyere entre os titulares, ao lado de Kannemann.

A entrevista ocorre a poucas horas do Grêmio fazer seu primeiro e único treinamento em Barinas, onde o Grêmio estreia na Libertadores nesta quinta-feira, contra o Zamora. Grohe lembrou as atuações de Thyere no ano passado sob o comando de Renato Portaluppi para elogiá-lo. Apesar da importância de Geromel dentro do grupo, o goleiro diz que todos confiam no companheiro.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



– O Thyere é um jogador que sempre que solicitado tem dado conta do recado. Muito firme, com jogo aéreo. É um jogador de força e velocidade. Estamos totalmente seguros com ele ali, ele vai fazer um grande jogo como sempre que preciso ele faz – disse Grohe.

O Tricolor tem a perda importante da base pentacampeã da Copa do Brasil. Além de Geromel, o time não contará com Edílson, que ainda não estreou na temporada, Maicon, com lesão na panturrilha direita, e Douglas, fora até agosto. A provável escalação tem Grohe; Léo Moura, Thyere, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jailson, Michel, Ramiro, Bolaños e Pedro Rocha; Luan. Algo que incomoda o camisa 1, embora chance para os companheiros mostrarem serviço.

– É ruim, a gente tinha já uma base praticamente pronta, perdemos o Walace vendido, o Douglas infelizmente por uma lesão mais séria. Veio estas outras lesões, algo que não tínhamos sofrido ano passado. E temos sofrido este ano. Faz parte do futebol, do jogo. Não tem como controlar estas situações, são do jogo. Acontecem. Por isso há a necessidade de grupo forte, grandes jogadores, e acredito que o Grêmio tem jogadores importantes para colocar na vaga dos que estão fora. Mas é ruim porque se tinha expectativa pela continuidade do grupo. Mas a gente entra forte na competição – analisou o goleiro.

Fonte: GloboEsporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Leia Mais
- Gringos renascem e comandam vitória do Santos sobre o Grêmio
- Arroyo sobra até de time reserva e chegará a um mês sem atuar pelo Grêmio
- Everton "respeita" fase de Fernandinho e garante Grêmio com "sede de vitória"
- Seria o Grêmio o melhor time do Brasil? Até que ponto a Libertadores atrapalhou?
- Leia mais notícias sobre Grêmio em www.futnet.com.br/gremio

Mais sobre - Grêmio