Publicada em 07/03/2017, às 22:00

Emerson recusa (de novo) acordo com o Botafogo; acerto com Sassá distante

Em nova reunião, clube e agente do zagueiro não chegam a acerto. Sem resposta do atacante, Alvinegro vê renovação mais longe. Dupla pode ficar fora da Libertadores

Negociação com Emerson se arrasta há mais de um ano (Foto: Vitor Silva / SSpress / Botafogo)

Com o tempo contato para entregar a Conmebol a lista com os novos cinco inscritos na Libertadores, o Botafogo negocia a renovação de jogadores que foram deixados fora da primeira fase. As notícias, porém, não são animadoras. Com vínculos até dezembro, Emerson Santos e Sassá ainda parecem distantes de um acordo com o clube.

As situações são distintas. Encostado desde o início da temporada, Emerson Santos também foi cortado da relação do Campeonato Carioca. Em reunião nesta segunda-feira, entre Antônio Lopes e Jailton de Oliveira (empresário do zagueiro), houve uma nova recusa. Sem acordo, o defensor ficará fora da fase de grupos da Libertadores.

Além de R$ 1 milhão em luvas dividido em duas parcelas – que já havia sido pedido anteriormente –, o jogador quer manter 25% de seus direitos econômicos, com salários progressivos em um contrato de três anos. A remuneração final, segundo dirigentes alvinegros, chegaria a quase o dobro do ofertado pelo clube (cerca de R$ 100 mil). A negociação se arrasta há mais de um ano.

Leia Mais
- Jair confirma a estreia de Saulo no Botafogo: 'Cresceu nos treinos'
- Cruzeiro tem o melhor aproveitamento entre clubes da Série A; veja ranking
- De Dodô até Renan: as histórias do Botafogo no Clássico Vovô no Nilton
- Adaptado no México, lateral acompanha e torce pelo Bota na Libertadores
- Leia mais notícias sobre Botafogo em www.futnet.com.br/botafogo

Sem resposta de Sassá

O caso de Sassá é diferente. Afastado, em um primeiro momento, por conta de problemas disciplinares, o atacante foi reintegrado. Após recusar oferta de de 1,5 milhão de Euros (cerca de R$ 5 milhões) do Lokomotiv Moscou, o Botafogo ofereceu na semana passada uma proposta de renovação até dezembro de 2019.

O atacante, no entanto, ainda não respondeu. Internamente, o clube já não acredita em um acordo próximo, o que pode deixar Sassá, mais uma vez, fora da lista da Libertadores. O Botafogo tem até domingo para inscrever mais cinco atletas na competição. Com contrato até dezembro, Sassá poderá assinar um pré-contrato com outro clube a partir de julho. Paralelamente, o Alvinegro ainda busca um centroavante no mercado.

Fonte: Globoesporte.com
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Botafogo