Publicada em 06/03/2017, às 09:57

Bandeira pede fim das tentativas por torcida única após final da Taça GB

Após decisão com torcida mista, presidente do Flamengo diz que "está provado" que torcidas rivais podem conviver no estádio. Pedro Abad, do Fluminense, reforça apelo

Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo (Foto: Reprodução SporTV)

A final da Taça Guanabara, neste domingo, contou com as torcidas de Fluminense e Flamengo depois de uma longa batalha judicial dos clubes para que tricolores e rubro-negros pudessem comparecer ao Estádio Nilton Santos. Depois do jogo, que terminou com o Tricolor campeão, os presidentes do Flu, Pedro Abad, e do Fla, Eduardo Bandeira de Mello, festejaram o resultado do clássico com torcida mista. Bandeira aproveitou para faze um apelo pelo fim das tentativas por torcida única no Rio de Janeiro.

- Foi muito bom ter provado que podemos fazer um clássico bonito, uma final de turno, com duas torcidas sem nenhum incidente significativo. Vamos ver se a gente acaba de vez com esse absurdo que é a tentativa de tentar implantar torcida única no futebol carioca - disse.

Para o presidente tricolor, o clássico deste domingo foi um exemplo de que as torcidas podem conviver em paz. Ele reforçou o desejo de apelo e relatou o encontro que teve com um jogador rubro-negro a caminho do estádio.

Leia Mais
- Vasco divulga relacionados para jogo contra o Flamengo com novidades
- #VemproMengão! Rubro-negros vão à loucura com curtidas de Everton Ribeiro
- Amor antigo entre Flamengo e Maracanã está próximo de cenário de separação litigiosa
- Apesar de já treinar com o grupo, Ederson não tem previsão de volta
- Leia mais notícias sobre Flamengo em www.futnet.com.br/flamengo

- Quando eu estava vindo para o jogo fui pegar minha família em casa, acabei vindo sozinho, e no caminho, no engarrafamento, um torcedor do Flamengo me identificou, deu uma batidinha no vidro e me cumprimentou, apertei a mão dele. É isso! São pessoas. Não tem como brigar com uma pessoa porque ela usa uma camisa de cor diferente. Isso não existe. A festa que a torcida do Flamengo fez, que a torcida do Fluminense fez, mostrou isso. Vamos conviver melhor uns com os outros e a festa vai ser mais bonita. A gente não quer uma torcida só - afirmou.

Pedro Abad ainda fez questão de elogiar o adversário e exaltar a importância do Fla-Flu, que terminou com vitória tricolor nos pênaltis depois de um empate em 3 a 3

- Claro que você entra em campo para ganhar o jogo, isso é inquestionável, mas o que eu disse antes acabou se mostrando verdadeiro, que o Fla-Flu é o maior clássico do planeta. Quem diria que a dramaticidade do jogo seria essa? O Flamengo abrilhantou muito esse jogo, foi empate, mas não tinha como finalizar igual. Também parabenizo o Flamengo e o futebol do Rio de Janeiro por ter feito essa festa. Hoje deu Fluminense, fico muito feliz, e agora vamos comemorar um pouco porque amanhã (segunda) já é dia de trabalho - concluiu.

Fonte: SporTV
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Flamengo