Publicada em 05/03/2017, às 10:19

'O Vasco perde uma peça essencial para a sequência do trabalho'

Repórter do LANCE! analisa a ausência do zagueiro Luan por conta de recuperação

Luan está lesionado (Foto: Alex Carvalho/AGIF/Lancepress!)

A saída de Luan da equipe titular do Vasco por conta do período de recuperação que o zagueiro tem pela frente após a cirurgia realizada na sexta-feira no pé direito fará com que o técnico Cristovão Borges tenha muita dor de cabeça. Isto por conta de ser um momento decisivo para os vascaínos com a sequência na Copa do Brasil e na Taça Rio, perdendo uma peça essencial, como é o Luan, para a defesa.

Como opção no banco de reservas para a zaga, o Vasco tem Jomar e Rafael Marques. O nível não será o mesmo que o de Luan, mas vejo que quem assumir a titularidade ao lado do capitão Rodrigo terá condições de dar conta do recado no período que o medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro no ano passado ficará fora - vale destacar que a previsão inicial é a que fique 30 dias em recuperação, voltando em abril.

Foi justamente no período dos Jogos Olímpicos, quando Luan esteve defendendo a Seleção Brasileira e desfalcando o Vasco, que Rafael Marques foi titular e mandou bem. Tudo bem que o nível técnico dos adversários atuais é maior em comparação com os rivais da Série B do Campeonato Brasileiro do ano passado, mas há qualidade que se bem trabalhada pode dar liga. Isso mesmo que na teoria os lados de campo não sejam compatíveis.

Leia Mais
- Fla x Vasco: ingressos para clássico no DF custam entre R$ 40 e R$ 200
- Campeão sul-americano, Paulinho se diz pronto para chance no profissional
- Cruzeiro tem o melhor aproveitamento entre clubes da Série A; veja ranking
- Confira os relacionados do Vasco para a partida contra o Madureira
- Leia mais notícias sobre Vasco da Gama em www.futnet.com.br/vasco

Além de Luan, Nenê e Marcelo Mattos seguem fora. O camisa 10 faz falta e muita ao time de Cristovão Borges, perdendo o poder de criação no meio - Wagner vem em uma crescente, mas segue atrás de Nenê. Ele, por sinal, voltou no sábado a treinar em campo e seria excelente para o Vasco a sua volta já na quinta-feira, quando a equipe recebe o Vitória em São Januário pela ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Já Marcelo Mattos, por sua vez, está fora desde setembro de 2016 e a dupla Jean e Douglas está ditando bem o ritmo entre os titulares do Vasco - não precisando, portanto, pressa para o seu retorno. Em um geral, não há motivo para desespero dos torcedores vascaínos por conta destas ausências, mas pode vir um sentimento de preocupação caso o trabalho não seja realizado da melhor forma pelo treinador.

A bruxa está solta em São Januário e deve-se afastá-la logo para que todos estejam 100%. O Vasco só tem a ganhar.

Fonte: Lancenet
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Vasco da Gama