Publicada em 03/03/2017, às 14:41

Luan fica fora de treino e vai operar pé direito nesta sexta-feira

Zagueiro estava atuando no sacrifício desde a pré-temporada e alternando de rendimento à medida que as dores o incomodavam. Ele pode parar por um mês

Luan será submetido a cirurgia no pé direito (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

O zagueiro Luan vai se submeter a uma cirurgia no pé direito na tarde desta sexta-feira. O jogador do Vasco não participou do treino com o elenco nesta manhã. Ele vinha se queixando de dores no local desde a pré-temporada da equipe, nos Estados Unidos.

Luan sofreu uma fratura no quinto metatarso do pé direito, na partida contra o Corinthians, pelo Torneio da Flórida. Entretanto, por decisão do departamento médico, continuou jogando - logo em seguida, foi convocado e ficou no banco no amistoso da seleção brasileira contra a Colômbia.

A sequência, porém, afetou seu rendimento. Luan alternou boas e más atuações com a equipe, conforme o nível de dor que sentia a cada dia.

Leia Mais
- Risco de briga! Polícia do RJ alertará autoridades do DF sobre plano de conflito de organizadas de Fla e Vasco
- CBF aprova novo estatuto, que aumenta poder de voto das federações
- Milton analisa time na estreia: "Faltou inspiração, mas teve transpiração"
- Fabuloso falha na busca pelo gol, mas não desanima: "Uma hora entra"
- Leia mais notícias sobre Vasco da Gama em www.futnet.com.br/vasco

Ao longo deste tempo, o jogador passou por avaliações no departamento médico para tentar evitar a cirurgia. Por fim, decidiu-se pela intervenção. A expectativa é de que o zagueiro leve até 30 dias para se recuperar do procedimento.

Confira a nota oficial do Vasco, assinada por Egas Manoel Fonseca, vice-presidente do departamento médico:

"O atleta Luan Garcia Teixeira será submetido a uma intervenção cirúrgica no dia de hoje (03/03/2017), em razão de um processo de dor recorrente no quinto metatarsiano do pé direito.

Considerados todos os exames físicos e complementares, definiu-se por um processo contínuo de avaliações e tratamentos conservadores.

Quando do aumento da intensidade da dor, a definição pela cirurgia foi tomada pelo Departamento Médico, uma vez que a continuidade do processo atual poderia intervir diretamente na performance e na saúde do atleta."

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Vasco da Gama