Publicada em 03/03/2017, às 14:36

Carli fala da crise no futebol argentino e já projeta o confronto contra Verón

Zagueiro lamenta situação econômica vivida em seu país, mas acha que problema não vai afetar muito o Estudiantes na partida contra o Botafogo no próximo dia 14

Carli, Botafogo (Foto: Divulgação / Botafogo)

O jogo de estreia na fase de grupos da Libertadores da América é só dia 14, mas o confronto já vem mobilizando os jogadores do Botafogo, principalmente Joel Carli. Argentino, ele comentou na manhã desta sexta-feira sobre o confronto diante do Estudiantes de La Plata e também a respeito da crise financeira que vive o futebol em seu país.

Os atrasos salariais e, consequentemente, a greve instalada pelos jogadores estão ameaçando a realização do Campeonato Argentino. Além disso, um problema envolvendo o estatuto da Federação pode fazer com que a Seleção e os clubes sejam proibidos de jogar por um período de um mês. Sendo assim, os que disputam a Libertadores da América, como o Estudiantes, seriam afetados diretamente.

- Tenho acompanhado de perto essa situação e muito ligado no que está acontecendo na Argentina. É uma situação difícil. É preciso de união para sair dessa. Não é a mesma coisa jogar amistosos do que partidas oficiais pelo campeonato. Mas quando os jogadores entram em campo todas esses problemas econômicos ficam para trás.

Falando em confronto, Carli não deixou de comentar sobre a partida do próximo dia 14, diante do Estudiantes, no Estádio Nilton Santos. O zagueiro sabe que, mesmo com todos esses problemas envolvendo o futebol por lá, o Botafogo não terá moleza, principalmente se o experiente meia Juan Sebastián Verón estiver em campo.

Leia Mais
- Renovação de Jefferson com o Botafogo caminha para final feliz
- Atlético-MG x Botafogo: prováveis times, desfalques, onde ver e palpites
- Dores dos filhos, das lesões, corpo e alma não aguentam, Montillo se aposenta
- Acabou: Montillo pede e Botafogo aceita rescisão de contrato
- Leia mais notícias sobre Botafogo em www.futnet.com.br/botafogo

- Conheço muito bem do Estudiantes e também o técnico (Nelson Vivas). É um time que costuma brigar muito pela bola. Agora com a possibilidade de ter o Verón. É um cara muito importante no futebol mundial. Sua volta aos campos de jogo dará muita qualidade ao futebol. Será muito bom poder enfrentá-lo.

Confira mais assuntos abordados na coletiva:

TEMPO A MAIS PARA OS TREINAMENTOS
- O futebol é ingrato. Perdi muitos dias de férias para condicionar minha forma física e logo no início das atividades no Botafogo senti um incômodo. Fiquei em recuperação muitos dias, mas agora já estou bem, treinando forte com os companheiros. O período será importante.

MUITAS OPÇÕES NA DEFESA
- Estamos no Botafogo. Time grande precisa que a briga interna seja boa. Temos um grupo com grandes pessoas, grandes jogadores e todos treinam forte para o melhor para o Botafogo.

PAIZÃO DOS MAIS JOVENS
- Quando comecei me ajudaram muito, pedindo para que eu assistisse os vídeos dos adversários. Hoje tento fazer o mesmo com esses jovens. Que eles escutem mais, aprendam... Brinco muito com o Emerson (Santos).

VOLTA DO SASSÁ
- É bom ter o Sassá de volta. Espero também pelo regresso de Emerson (Santos) ... Conheço muito meus companheiros desde o ano passado. Quero o melhor para eles e para o Botafogo.

CANALES
- É um jogador que em toda sua carreira fez muitos gols, ganhou muitas coisas... Falo muito com ele e sei que pode ajudar muito o Botafogo. Somos jogadores.. A gente treina forte, e o Jair é quem decide.

RÁPIDA ADAPTAÇÃO AO CLUBE
- Desde que cheguei, eu disse que meu rendimento foi graças ao apoio que recebi dos companheiros e de todos que trabalham aqui no Botafogo. Para um jogador, isso é muito importante.

Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte

Mais sobre - Botafogo