Publicada em 02/03/2017, às 11:08

Tornozelo desincha, mas dor persiste: Scarpa evolui e gera otimismo no Flu

Em recuperação de pancada, meia apresenta melhora e tem chances de retornar ao time contra o Flamengo, domingo, na final da Taça Gunabara

Scarpa posta foto com Cavalieri a caminho do CT do Fluminense (Foto: Reprodução)

O Fluminense trata com otimismo a chance de Gustavo Scarpa atuar contra o Flamengo, domingo, no Nilton Santos, na final da Taça Guanabara. Ao desfalcar o Tricolor diante do Sinop, quarta-feira, no interior do Mato Grosso, partida válida pela Copa do Brasil, o meia ficou no Rio fazendo tratamento. O tornozelo direito desinchou, mas ainda causa dor ao jogador. A participação dele no clássico dependerá da evolução nos próximos dias.

Scarpa machucou no último sábado, no empate sem gols com o Madureira, pela semifinal da Taça Guanabara. No domingo, mesmo de folga, começou o tratamento à base de fisioterapia e gelo em casa. Na segunda, realizou exame, que não constatou gravidade na lesão. E deu começo ao trabalho de recuperação no CT. Até o clássico, serão oito dias.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store



Diego Cavalieri, também com problema no tornozelo direito, acompanha Scarpa nas sessões no departamento médico tricolor. O goleiro, aliás, não deve ter condições de ficar à disposição de Abel Braga. Caso Scarpa não se recupere, o treinador deve optar por Richarlison. Foi esta a escolha, ao menos, na Copa do Brasil.

Scarpa foi atingido por Douglas Lima aos 43 minutos do primeiro tempo contra o Madureira. Após ser atendido, retornou ao jogo. Porém, acabou substituído por Marquinho no intervalo. Mostrou irritação com o lance. É o principal jogador do time: tem quatro gols em sete jogos na temporada.

A situação de Scarpa não é a única que gera dúvida na escalação tricolor. Orejuela, ao sofrer pancada no tornozelo esquerdo, deixou a partida contra o Sinop mancando. Será reavaliado. Douglas está suspenso. Pierre e Marquinho sãs as opções.



Fonte: GloboEsporte
Clique para ver a matéria no site fonte